As crianças fazem parte do nosso processo de cura emocional

As crianças fazem parte do nosso processo de cura emocional

“Mas Jesus lhes ordenou: deixai vir a mim as crianças, não as impeçais, pois, o Reino dos céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”.
(Mateus 19:14, na versão King James Atualizada)

Nossas filhas têm a capacidade de me fazer voltar a ser criança e, consequentemente, ajudam-me a desacelerar a mente.

Tenho sérias dificuldades de ficar sem fazer nada. Estou sempre lendo, escrevendo, estudando, e passo muito tempo no mundo das ideias. Melhorei muito depois das psicoterapias e quando decidi fazer exercícios mais regularmente.

Porém, Yasmin (6 anos) e Lavínia (1 ano) conseguem – melhor que os medicamentos que uso (não se culpe quando precisar de medicamentos) – tirar-me do meu mundo mental ansioso e acelerado, e me colocarem no mundinho de paz do qual elas fazem parte.

Portanto, só minhas filhas podem fazer que um gaúcho (macho, obviamente) como eu brinque de bonecas J Veja o diálogo de Yasmin comigo:

– Papai, vamos brincar que essas duas bonecas são suas filhas e eu, a médica. Elas caíram da cama, quebraram alguns ossos e você trará elas ao meu consultório.

Peguei as duas bonecas, saí da sala e retornei à sala (consultório):

– Dra. Yasmin: estou muito preocupado porque minhas filhas caíram da cama. Por favor, me ajude!

Com um tom sério, Yasmin pegou o “estetoscópio” e disse:

– Bom, o coração delas está batendo.

– Ufa, que bom! – Respondi.

– As orelhas estão com poeira porque elas caíram da cama e bateram a cara. Vou tirar a poeira.

– Que ótimo! – Exclamei.

– Agora você levará elas para casa (detalhe: as duas “filhas” foram amarradas e imobilizadas juntas) e passará um pano gelado nelas. Depois de quatro dias, traga-as aqui novamente para eu ver se elas melhoraram. Tchau.

Fim de conversa.

Estou aprendendo a deixar-me guiar por minhas filhas e convido-lhe a fazer isso também. Os filhos levarão você a um mundo de paz, alegria, sem competitividade e estresse.

Ao amá-los e sentir o amor deles enquanto brinca, terá ainda mais certeza de que existe um Deus Criador que lhe ama e cuida de você. Sua fé nEle aumentará porque verá ser impossível que o amor incondicional por um filho possa ter surgido simplesmente por causa de uma “evolução” egoísta.

Seus filhos (ou seu filho) fazem parte do seu processo de cura psíquica. Uma criança permite que reencontremos a nossa criança interna ferida para que cuidemos dela também ao longo da nossa jornada vida. Pense nisso.

Anterior Jesus pregou aos mortos?
Próximo O que é "eternidade" para o pensamento bíblico-hebreu?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 712 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Crônicas para a Alma 0 Comentários

O melhor presente de Natal

“Agora, quanto aos nossos, que aprendam também a distinguir-se nas boas obras a favor dos necessitados, para não se tornarem infrutíferos” (Tito 3:14).     Durante a Segunda Guerra Mundial,

Crônicas para a Alma 0 Comentários

O consumismo e os cristãos

    Ele nos ensinou a pedir ao Pai o “pão nosso de cada dia (Mt. 6.11). O pão de cada dia, a roupa de cada dia, o sapato de

Crônicas para a Alma 2 Comentários

Não desista dos seus sonhos!

Temos que correr atrás dos nossos sonhos, pois, neste mundo de pecado e tristezas, sonhar nos ajuda a levar a vida com mais alegria e mais facilidade, pois, isso é

1 Comentário

Deixe seu Comentário