Aconselhamento EspiritualSexualidade

Como realmente lutar contra a pornografia

“O que tu queres é um coração sincero; enche o meu coração com a tua sabedoria. Tira de mim o meu pecado, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme!”

(Salmo 51:6, 7 e 10)

Agostinho (354-430 d.C.), um dos grandes pensadores que moldaram o pensamento cristão, foi também um dos poucos e raríssimos teólogos que falaram com tanta franqueza sobre si.

Em sua obra intitulada “Confissões” ele conta, entre outras coisas, que durante anos lutou contra a lascívia sexual, e que esse hábito estava muito arraigado em sua vida[1].

Por que estou escrevendo sobre isso?

Para lhe dizer que o pecado sexual não afeta apenas cristãos leigos, mas também líderes. Afinal, “todos pecaram [pastores, sacerdotes, médiuns, gurus, etc.] e estão afastados da presença gloriosa de Deus” (Rm 3:23). Escrevo para lhe conscientizar de que não podemos atirar “a primeira pedra” em ninguém porque todos, em maior ou menor grau, temos um problema nessa área. Escrevo também para lhe estimular a ser sincero (a) com Deus sobre suas lutas.

Não mascare suas tentações sexuais perante Ele, e muito menos as negue. Seja autêntico como foi Agostinho e sincero do mesmo modo que o rei Davi (leia 2Sm 12:13; Sl 51).

Derrame perante o Senhor seu vício pela pornografia ou prostituição e, o mesmo Deus que fez do viciado em sexo, o salmista Davi, um homem segundo o Seu coração (At 13:22), por Sua graça e poder fará de você uma pessoa segundo o coração dEle.

Confie na graça de Cristo e creia que Seu amor e perdão são infinitamente maiores do que seus pecados sexuais!

Quer mais um conselho?

Não dê muita atenção aos artigos utópicos (e extremamente superficiais) sobre o assunto, que se propõem a dar “dicas” para você “vencer” a pornografia.

Mesmo bem intencionados, tais cristãos que escrevem a respeito desconsideram a complexidade e a dinâmica do vício sexual. Não sabem que mais do que estar viciada em pornografia, uma pessoa está, na realidade, viciada na química do seu próprio cérebro[2].

Esse problema não pode ser resolvido simplesmente com “dicas para vencer a pornografia”, ou com conselhos do tipo: “pare de acessar sites pornográficos”. Conversa furada! É a mesma coisa que dizer a um viciado em drogas: “pare de usar cocaína”…

A solução é encontrada quando a pessoa derrama-se perante Deus em oração, passa tempo com as Escrituras, trabalha seus traumas, frustrações e raiva no consultório de um bom psicólogo e, com a graça de Deus, segue o conselho de Paulo em Romanos 13:13, 14:

“Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências”.

Não se iluda pensamento que durante a batalha você não terá mais quedas. Com certeza, não conseguirá obedecer a esse texto bíblico em todos os momentos. Todavia, se apegue à graça de Cristo e siga adiante, em direção à vitória final. Ao longo dessa jornada, olhe para a cruz (Hb 12:2). Não para você.

Sem a presença de Cristo em sua mente; sem ajuda psicoterapêutica e atividade física regular, para que sua química cerebral seja alterada, muito pouco conseguirá. Invista também em hábitos alimentares saudáveis para alimentos estimulantes deixem de fazer parte de sua dieta. Isso facilitará sua luta contra o hábito da pornografia.

Portanto, creia no amor e perdão de Deus e busque ajuda profissional hoje. Na companhia Jesus, será possível você enfrentar qualquer coisa (Fp  4:13) e superar o obstáculo da pornografia que está à sua frente.

REFERÊNCIAS

[1] Gerald R. McDermott, Grandes Teólogos: uma síntese do pensamento teológico em 21 séculos de igreja (São Paulo: Vida Nova, 2013), p. 51-65.
[2] Ralph H. Earle Jr. e Mark R. Laaser, A Armadilha da Pornografia: orientações para Pastores e Leigos acerca do Vício Sexual (Rio de Janeiro: Casa Publicadora Brasileira, 2013), p. 80.

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

Veja mais sobre este assunto:

Tags:

22 comments

  1. Se ver outras pessoas fazendo sexo é pecado, então quer dizer que Deus e os anjos então pecando

    1. Estimado Felipe: não entendi seu comentário, pois, estou tratando do vício da pornografia. Deus e os anjos não são viciados nisso. Já você e eu (bem como qualquer outra pessoa), se não tivermos cuidado, ficaremos viciados e levaremos tempo para vencer o hábito.

      A paz seja contigo.

  2. Olá pastor,
    Tenho 27 anos, e desde os meus 10 anos sou viciado em pornografia e masturbação. Ultimamente tenho sofrido muito com esses vícios, pois moro sozinho e não tenho muito em que me ocupar. Tem sido quase diário a minha pratica em tais vícios. Aos vinte anos tive uma experiencia muito profunda com Deus, e comecei a buscá-lo. Comecei a querer saber qual era a sua vontade para minha vida. Passei um bom tempo lutando contra todo o pecado de imoralidade sexual em minha vida, era a minha luta diária. Consegui ficar um bom tempo liberto e livre de todo tipo de pecado, como promete as Escrituras. Nesse tempo todo não posso dizer que Deus não me ajudou, pois ele sempre me dava o escape na hora da tentação. Mas confesso que mesmo Deus me ajudando eu sempre insistia no pecado. Mesmo tendo a consciência das consequência do pecado insistia eu em fazer o que desagradava ao Senhor. Isso não foi do dia para a noite. Foi por muito tempo. Eu que após ter tido uma experiência com Deus comecei a lutar e a ter nojo do pecado sexual, hoje me vejo aprisionado novamente aos vícios em pornografia e masturbação. Peco tanto que já não sinto nem culpa, é como se eu já estivesse acostumado. Confesso que mesmo sabendo dos prejuízos que a pornografia me trás, ela tem sido uma das poucas formas de prazer que tenho nesta vida. Me entreguei totalmente a esse pecado que já não me vejo sem ele. Posso dizer que estou como diz as Escrituras: “o cão voltou pro próprio vômito”. O problema é que já não me sinto sujo ao praticar esse pecado. Vejo videos bizarros e acho tudo aquilo normal.
    Não tenho mais a vontade de buscar a Deus por causa deste pecado. Sei que estou a cada dia mais distante de Deus, pois tenho vivido por viver e já não encontro prazer na vida. Não tenho motivação de fazer nada. Minha vida tem sido acordar, trabalhar, ver pornografia, me alimentar e dormir. Sofro com Depressão já faz muitos anos. Tomo medicamento diário para evitar crises. Tenho o vício em masturbação muito enraizado e não consigo me enxergar longe dele. Sofro muito com a cobiça sexual. Não sei se você me entende, mas é que esse vício me dar muito prazer quando estou sozinho e uma sensação de tranquilidade. Não estou aqui querendo justificar a prática do pecado, mas é que eu cheguei a um ponto em que o pecado me faz se sentir bem. É meio como uma dependência. Seria uma honra para mim receber um conselho seu sobre essa minha situação muito confusa da minha vida, pois me identifico muito com suas pregações e com seu testemunho de vida. Quero mudar, mas me sinto muito acomodado em minha zona de conforte e não consigo fazer nada por mim mesmo. Sofro sozinho com tudo isso e não tenho ninguém para compartilhar isso tudo.

  3. Uma das diferencas entre nos e os anjos e que eles não precisam dos hormonios para sobreviverem. O dominio proprio se adquire quando estudamos o funcionamento do nosso corpo e principalmente quando entendemos sobre todas as glandulas hormonais.

  4. Muito bom seu tópico Leandro Quadros, durante anos da minha vida utilizei dessa pratica, na minha adolescência talvez por negligencia dos meus pais que não se interessaram em me corrigir, levei por anos esse vicio, tentei varias vezes parar, mais não obtive exito. Hoje adulto e casado, decidi dar um basta nessa situação, que como cristão me levava a sentir muito esse pecado oculto, primeira decisão que fiz, decidi contar a minha esposa toda a situação e a luta que enfrentava, não foi fácil, com o perdão dela consegui mais forças para lutar, segunda decisão decidi, fazer um proposito com Deus, como nesse vicio o nosso corpo fica buscando “recompensas”, fiz um pacto com Deus, se Ele me abençoasse e me orienta-se nos propósitos que fiz com Ele , em troca não praticaria esse ato. Deus tem sido fiel, e não me abandonou em nenhum quesito. Por isso, em retribuição a todas essas bênçãos , não tenho praticado, e vai fazer quase 1 ano, as vezes vem a vontade, que parece que vai me estourar por dentro, mais penso que não compensa trocar a vida eterna, minha família, saúde, por esse lixo que é a pornografia, e só isso que o inimigo tem a dar, e Deus tem muito melhor.

    1. Que depoimento ESPETACULAR caro irmão! Ajudará MUITOS leitores. Deus o guarde!

  5. Que artigo maravilhoso e cheio de orientações benéficas. Deus é um Deus Grande e cheio de misericórdia para com seus filhos. Já tive luta contra a pornografia, e esse artigo só me ajuda a me blindar mais e mais, pois enquanto estivermos nesse mundo, teremos lutas contra o nosso próprio “eu”. Que Deus fortaleça todos quanto são vítimas desse ato triste e doloroso para aqueles que querem ser justos pela Graça de Jesus Cristo. Obrigado Pastor e professor Leandro quadros.

    1. Parabéns por estar sendo um vencedor com a ajuda de Deus, caro irmão!

      Seu depoimento ajudará muito a outros homens cristãos.

      Deus continue a lhe usar poderosamente. Abs!

  6. Professor Leandro parabéns pela publicação deste artigo. Pornografia é um mal que tem destruído muitas vidas e até mesmo de irmãos adventistas, confesso que é um Golias na minha vida e que as vezes tem me derrubado mas apesar disso não me considero um derrotado. Acredito que Fil. 4:13 se cumprirá na minha vida de uma vez pra toda. O professor disse que devemos confiar sempre na graça de Cristo que ela é maior que qualquer pecado, mas como harmonizar esta fé na graça de Cristo com a passagem de Heb. 12:14 que diz “segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”?

  7. Muito obrigado Leandro Quadros por este texto.

  8. Leandro Quadros sempre brilhante em suas explicações! Que Deus continue te iluminando.

  9. Não consigo. Já tentei tantas e tantas vezes parar, mas sem sucesso. O sentimento de hipocrisia foi crescendo tanto, tanto que larguei todos o meus cargos na igreja. Mesmo me exercitando, mudando a alimentação e continuar tentando, ainda assim me sinto extremamente fraco nesse aspecto em minha vida.

  10. obrigado pastor pela publicação deste artigo, espero que ele venha me ajudar, pois ainda luto as vezes com esse problema. Sempre achei que isso não estava certo na minha vida, mas nunca sabia a real situação, por que é uma sensação maligna que toma conta do corpo. E por mais que fazemos todas outras coisas certas, sempre tem uma que nos perturba.
    Peço orações pela minha vida, pois sei Deus tem um proposito pra mim, e quero cumprir o que Deus tem pra mim sem nenhuma pendencia com ele. Que Deus te abençoe sempre pastor e que continue te usando.

  11. Pastor, num trecho você disse que devemos buscar apoio profissional, isso é verdade? Não sei mais o que eu faço, já tentei de tudo e hoje vejo que tenho problemas psicológicos só pode… E hoje tomei a decisão de ir num psicólogo. Se faz necessário? Mesmo não sendo cristãos vários desses médicos? Será que vão me dar bons conselhos? Tenho medo de ir e a coisa piorar com conselhos ruins vindo desses médicos.

    1. Procure um psicologo ou terapeuta cristão . Ele sabera te orientar melhor.
      Deus te abençoe.

  12. Boa tarde,
    Eu tô com bastante dificuldade para tira esse vício de pornografia na minha vida, faz muito tempo que venho tentando me livrar, tenho notado que isso me prejudica em várias áreas principalmente na comunhão com Cristo, creio que um dia ficarei livre dessas coisas que não agrada a Deus, tenho orado jejuando , tá difícil mais vô conseguir , dá minha vida vários outros vício foi vencido falta agora esse dá pornografia, é uma coisa leva a outra coisa por isso quero vence esse mal,
    Espero poder conta com ajuda dos irmãos, em oração.
    Att mais abraço

  13. oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

  14. Essa é uma das minhas maiores lutas… :-/

  15. Ola tenho esse vício e toda vez q caio eu choro me da uma tristeza tão grande vencer esse vício seria a maior consquista da minha vida, me sinto tão importante diante dessa situação, pensei varias vezes em buscar ajuda psicológica mas sinto muita vergonha, ñ sei tb como o psicólogo vai encarar isso, queria conhecer um psicólogo Adventista que pudesse me orientar quanto a isso, pq ñ aguento mais sofrer com esse mal, uma coisa puxa a outra, pornografia masturbação, e no final agente se senti um lixo.

  16. Professor Leandro Quadros, tive problemas com o vício da pornografia. Me sentia tentado a assistir pornografia sempre que ficava sozinho na internet, principalmente em meu local de trabalho. E pela graça do Espírito Santo, consegui vencer o vício de forma bem simples.

    Salvei o link direto da Rádio Novo Tempo na minha barra de favoritos. Então cada vez que ligo meu computador o primeiro site que abro na internet é o site da rádio. Simplesmente não tenho vontade nenhum de assistir nada enquanto ouço a Novo Tempo.

    Com o tempo ouvir a rádio se tornou um hábito e hoje não sinto mais desejo pela pornografia. O Espírito Santo me libertou renovando minha mente através do trabalho da Novo Tempo.

    Também bloqueei a função de vídeos do whats e o compartilho com minha esposa. Isso fez toda a diferença em minha libertação do vício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *