Apologética Cristã

Deus se arrepende?

Por que em Números 23:19 diz: “Deus não é homem, para que minta, nem filho do homem, para que se arrependa…”, sendo que em Gênesis 6:6 se afirma: “então, se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra, e isto lhe pesou no coração”?

A palavra “arrependimento” é expressa por diferentes palavras no original hebraico e grego. Sendo assim, o arrependimento divino é totalmente diferente do arrependimento humano, pois diferentes palavras hebraicas e gregas são usadas para definir esse sentimento.

Quando a Bíblia fala do arrependimento humano, usa as seguintes palavras no original: Shubh (hebraico) e metanoéo (grego). Seus significados: mudança de mente (não somente a tristeza pelo pecado), voltar atrás, retornar ao caminho correto. Por outro lado, quando a Bíblia fala acerca do arrependimento divino, usa os seguintes termos: Naham (hebraico) e Metamélomai (grego). Significados: dor, tristeza, pesar.

Portanto, quando Gênesis 6:6 diz que Deus “se arrependeu”, está afirmando que o Senhor “sentiu profunda dor, pesar” (lembremos que não temos como expressar em linguagem humana os sentimentos de Deus, como realmente foi essa dor divina) por ter de executar juízo (por ocasião do dilúvio) contra o homem que Ele havia criado. O arrependimento divino não traz mudança em seu Ser, mas sim no seu modo de “tratar” o ser humano.

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *