É melhor ser divididos pela verdade

É melhor ser divididos pela verdade

Uma das grandes falas de Martinho Lutero era: “é melhor ser dividido pela verdade, do que ser unido pelo erro!”

Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero sobe os degraus da igreja do castelo de Wittenberg, Alemanha, e prega na porta de madeira maciça, as 95 teses que logo desencadeiam a Reforma Protestante.

O repentino vislumbre de Martinho Lutero na famosa escadaria, de que o justo viverá pela fé, foi um importante marco na Reforma Protestante. Mas as 95 teses que ele afixou sobre a porta da igreja em Wittenberg não eram basicamente uma discussão adicional do tema da justificação pela fé. Antes, tratavam principalmente de reformas necessárias no sistema religioso da época, com insistência sobre liberdade de consciência, condenação à venda de indulgências, e graves denúncias contra abusos papais.

Em 1990, quase cinco séculos depois, Morris Venden prega, em forma impressa, suas 95 Teses Sobre Justificação Pela Fé. Este livro é o resultado de muitos anos de pesquisa e meditação sobre este tema tão importante.

As 95 teses neste volume estão centradas sobre as verdades da justificação pela fé em Jesus Cristo somente. São uma mensagem de aplicação ilimitada, mantendo-se num crescendo até prevalecer um único interesse; um assunto que supera todos os demais – Cristo, justiça nossa. Vivemos nesse tempo. A mensagem dos três anjos tem sido proclamada e continuará ressoando até que alcance proporções de alto clamor.

O propósito deste livro é estimular a reflexão e o estudo do grande tema da justiça de Cristo.

Clique aqui e adquira o livro 95 Teses Sobre Justificação Pela Fé

Anterior O que a Bíblia diz sobre governo?
Próximo Pureza sexual

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 575 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 1Comentários

Lei Dominical, Sinal da Besta ou Não?

O argumento mais usado no ambiente evangélico é que os adventistas ao citarem decreto dominical, argumentam do nada. Dizem que não há evidência bíblica nenhuma para dizer que o domingo

Bons Debates 0 Comentários

Haverá arrebatamento secreto antes da volta de Jesus?

Mateus 24:38-44 diz: “Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o

Aconselhamento Espiritual 3 Comentários

Um “tapa no rosto” dos que gostam de criticar a liderança da igreja

Dissidentes antitrinitarianos ou perfeccionistas geralmente adotam a mesma postura de alguns críticos do adventismo: postar vários comentários (repetitivos) em diversas páginas e vídeos, para que os leitores sofram uma verdadeira

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!