Justificação pela fé

Justificação pela fé

Quando o pecador penitente, contrito diante de Deus, discerne a expiação de Cristo em seu favor e aceita essa expiação como sua única esperança nesta vida e na vida futura, seus pecados são perdoados. Isso é justificação pela fé. Toda pessoa crente deve submeter sua vontade inteiramente à vontade de Deus e manter-se num estado de arrependimento e contrição, exercendo fé nos méritos expiadores do Redentor e avançando de força em força, e de glória em glória.

Perdão e justificação são uma só e a mesma coisa. Pela fé, o crente passa da posição de rebelde, de filho do pecado e de Satanás, para a posição de súdito leal de Cristo Jesus, não por causa de alguma bondade inerente, mas porque Cristo o recebe como Seu filho, por adoção. O pecador obtém o perdão de seus pecados, porque esses pecados são carregados por seu Substituto e Penhor. O Senhor fala a Seu Pai celestial, dizendo: “Este é Meu filho. Eu o absolvo da condenação da morte, dando-lhe Minha apólice de seguro de vida – a vida eterna – porque tomei o seu lugar e sofri por seus pecados. Ele é mesmo Meu filho amado.” Assim o homem, perdoado e revestido das belas vestes da justiça de Cristo, se encontra irrepreensível diante de Deus.

O pecador pode errar, mas ele não é rejeitado sem misericórdia. Sua única esperança, porém, é o arrependimento para com Deus e fé no Senhor Jesus Cristo. A prerrogativa do Pai é perdoar nossas transgressões e pecados, porque Cristo tomou sobre Si a nossa culpa e nos absolveu, imputando-nos Sua própria justiça. Seu sacrifício satisfaz plenamente as reivindicações da justiça.

Justificação é o contrário de condenação. A infinita misericórdia de Deus é manifestada para os que são completamente indignos. Ele perdoa as transgressões e os pecados por amor de Jesus, o qual Se tornou a propiciação pelos nossos pecados. Pela fé em Cristo, o transgressor culpado é conduzido ao favor de Deus e à forte esperança da vida eterna.

Biblia.com.br

Anterior A Bíblia e a Terra Plana
Próximo O “obelisco” no túmulo de Ellen White

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 462 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 1Comentários

A obediência a Lei de Deus não é contrária à salvação gratuita?

Algumas verdades básicas devem ser, aqui, estabelecidas para o nosso estudo sobre a assunto: (1) obediência nunca é meio de salvação, (2) não repousa na obediência nenhum mérito que contribua

Bons Debates 1Comentários

Pequenas Perguntas, Grandes Lições (parte 2)

Por Azenilto G. Brito – Ministério Sola Scriptura Site: http://www.c-224.com/id39.html   INTRODUÇÃO Por causa da criatividade dos críticos, Azenilto Brito continuará ampliando suas perguntas apologéticas por se tratar de um recurso

Bons Debates 0 Comentários

Lei Dominical, Sinal da Besta ou Não?

O argumento mais usado no ambiente evangélico é que os adventistas ao citarem decreto dominical, argumentam do nada. Dizem que não há evidência bíblica nenhuma para dizer que o domingo

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!