O consumismo e os cristãos

O consumismo e os cristãos

 

 

Ele nos ensinou a pedir ao Pai o “pão nosso de cada dia (Mt. 6.11).
O pão de cada dia, a roupa de cada dia, o sapato de cada dia, os objetos de casa de cada dia …
O consumismo é real. Nem mesmo os cristãos, que pregam um estilo de vida mais próximo daquele que foi vivido por Cristo estão livres.
A palavra “consumismo”, de acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, significa “1) ato, efeito, fato ou prática de consumir ou comprar em demasia; e 2) consumo ilimitado de bens duráveis, especialmente de artigos supérfluos. Do ponto de vista sociológico, o consumismo é o ato de consumir bens ou serviços, muitas vezes, sem reflexão..
Mas é importante fazer diferença entre “consumo” e “consumismo”. Consumo refere-se a adquirir somente aquilo que é necessário. Já o consumismo explora. A pessoa gasta além do que pode gastar. O que tem e o que não tem é comprometido com coisas desnecessárias.
Há um trabalho especializado para construir os desejos humanos. No passado havia poucos produtos, mas com a industrialização nasceu a necessidade de fazer com que as pessoas acreditassem que ter o que estava sendo produzido era primordial para a felicidade humana. As coisas foram sendo oferecidas como motivos.
Hoje, a propaganda move milhões de dólares. O mundo pára se as pessoas descobrirem que estão correndo atrás do vento e deixarem de comprar o inútil e o excesso. Aquilo que elas pensam ser necessidade, não é! É fruto do imaginário seduzido pela força das campanhas de consumo.
Resultado: Violência urbana e ecológica.
As pessoas se destroem, literalmente, para garantir coisas. A vida humana, a água, o solo, a mata… Tudo que Deus criou é trocado por moeda.
E o que os mordomos do Senhor tem feito para não serem cúmplices?
O que disse Jesus?
Ele nos ensinou a pedir ao Pai o “pão nosso de cada dia (Mt. 6.11).
O pão de cada dia, a roupa de cada dia, o sapato de cada dia, os objetos de casa de cada dia …
Que D-us nos ajude a ter bom senso para ser possível viver melhor.
Ele promete que nada nos faltará (Salmo 23)

(Saldo Extra)

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

Anterior O que a Bíblia diz sobre a gratidão?
Próximo Resposta ao presbítero Paulo Cristiano da Silva, do CACP

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 485 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Crônicas para a Alma 1Comentários

As crianças fazem parte do nosso processo de cura emocional

“Mas Jesus lhes ordenou: deixai vir a mim as crianças, não as impeçais, pois, o Reino dos céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”. (Mateus 19:14, na versão

Crônicas para a Alma 1Comentários

O que três médicos acreditam que deve ser feito com crianças que pensam ser transgênero

Profissionais defendem que a ideologia transgênero está prejudicando as crianças e minando a pesquisa científica

Crônicas para a Alma 2 Comentários

Não desista dos seus sonhos!

Temos que correr atrás dos nossos sonhos, pois, neste mundo de pecado e tristezas, sonhar nos ajuda a levar a vida com mais alegria e mais facilidade, pois, isso é

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!