O fio que liga os corações

O fio que liga os corações

Sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor. Gálatas 5:13.

O amor é o cordão de seda que liga entre si os corações. Não devemos julgar que nos precisamos pôr como modelos. Enquanto pensarmos em nós mesmos e o que nos é devido pelos outros, impossível nos será fazer nossa obra de salvar pessoas. Quando Cristo tomar posse de nosso coração, não mais faremos o estreito círculo do eu o centro de nossos pensamentos e atenções.

Que admirável reverência pela vida humana Jesus exprimiu na missão de Sua vida! Não esteve entre o povo como um rei, exigindo atenção, reverência, serviço, mas como alguém que desejava servir, erguer a humanidade. Disse que não viera para ser servido mas para servir. … Onde quer que Cristo visse um ser humano, via alguém necessitado de simpatia. Muitos de nós estamos dispostos a servir certas pessoas — aqueles a quem honramos — mas justo aqueles a quem Cristo nos queria tornar uma bênção caso não tivéssemos tanta frieza de coração, não fôssemos tão descorteses e egoístas, passamos por alto como indignos de nossa atenção. …

A grande lição do perdão precisa ser mais perfeitamente aprendida por todos nós. … A maior injustiça que podemos fazer aos outros é ser irreconciliáveis se julgamos que eles nos ofenderam de qualquer maneira. Esta é uma atitude muito perigosa para um professo cristão, pois da mesma maneira por que ele trata seus irmãos assim o tratará o Senhor do Céu.

Necessitamos ter mais elevada e distinta visão do caráter de Cristo. … Não devemos pensar em Deus apenas como juiz e esquecê-Lo como Pai amoroso. Coisa alguma pode fazer maior mal a nossa vida do que isso, pois toda a nossa vida espiritual é moldada segundo nossas concepções do caráter de Deus. Temos lições a aprender do amor de Jesus.

“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou e Se entregou a Si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” Efésios 5:1, 2. Eis a altura a que nos é exigido atingir no amor. E a textura desse amor não é manchada pelo egoísmo.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 171.

Anterior Série espiritismo - Os médiuns – Estudo 6
Próximo A escolha de um marido ou esposa

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 622 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 0 Comentários

7 dicas para estudar as profecias da Bíblia

Nascido do sonho de ver Jesus voltar nas nuvens, o adventismo tem a escatologia em seu DNA. Contudo, essa ênfase não significa especulação a respeito do fim nem marcação de

Aconselhamento Espiritual 1Comentários

Os reis magos

Não há nada no registro bíblico que confirme os nomes dados pela tradição aos sábios do oriente que vieram visitar Jesus em Belém. Como se chamavam os magos que visitaram

Aconselhamento Espiritual 0 Comentários

Como superar as tentações sexuais?

Como superar as tentações sexuais? Não é fácil manter-se puro no mundo de hoje o qual respira e transpira sexo. Somos simplesmente bombardeados diariamente por propagandas de todos os tipos

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!