O Livro de Enoque – Mitos e fatos

O Livro de Enoque – Mitos e fatos

Olá amigos! Quero juntar todos os vídeos sobre o livro de Enoque no meu canal para que você tenha uma visão mais completa do assunto. As pessoas às vezes assistem somente a um e ficam com dúvidas que são respondidas em outros vídeos. Antes, porém, vou esclarecer alguns pontos:

Fatos:

  1. Enoque foi um profeta inspirado por Deus.
  2. Enoque foi uma pessoa justa; tão justo que foi levado ao céu.
  3. Na Bíblia há várias citações diretas ou indiretas ao “livro de Enoque” (vou gravar mais sobre isso)
  4. É POSSÍVEL que Jesus tenha lido seu livro (vou gravar sobre isso também)
  5. Enoque reflete teologia espúria misturada com misticismo judaico do período inter-testamentário e contradiz algumas coisas que a Bíblia diz, sobre os anjos por exemplo, que teria a possibilidade de se alastrar.

Mitos:

  1. Enoque foi o autor do livro que conhecemos hoje. Fato: não há nenhuma evidência arqueológica disso.
  2. Por ter sido citado é inspirado. Fato: a Bíblia tem muitas outras citações de livros não inspirados. Por exemplo, Paulo usa autores gregos não inspirados.
  3. Existia escrita antes do dilúvio. Fato: a tradição oral seguiu vigente até o Século I d.C. Se tivesse algum escrito, poderia ter sido destruído no dilúvio. Não há evidência alguma de Noé ter salvo algum escrito.
  4. Deus poderia ter inspirado outro profeta para escrever. Fato: Poderia, mas não o fez.
  5. A tradição oral é tão importante quanto o AT. Fato: a tradição oral é sim importante mas está cheia de lendas e legalismo (Jesus combateu o legalismo quando esteve na terra). Foi o E.S., por meio da inspiração, que separou o bom do místico na tradição oral. Igual ocorreu com Lucas quando escreveu seu evangelho.
  6. A Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR) mudou o cânon do AT. Fato: o cânon do AT foi fechado antes de Cristo, e logicamente, antes da ICAR.

Anterior É possível ser cristão e maçom ao mesmo tempo?
Próximo Dom de cura: como saber se é verdadeiro ou falso?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 485 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Apologética Cristã 4 Comentários

A Trindade Além das Adulterações Textuais no Novo Testamento Grego

Você receberá nesse post um verdadeiro presente, caro leitor: mais um texto de extrema qualidade produzido por Damião Bonfim, teólogo e estudioso de Crítica Textual. No presente artigo ele aborda

Apologética Cristã 49 Comentários

Realmente, a Igreja Adventista do Sétimo Dia é uma Seita…

Gostei muito da criatividade do irmão João Miranda da cidade de Queimadas, PB, na defesa do adventismo contra a acusação de que fazemos parte de uma “seita”. Com bom humor

Apologética Cristã 0 Comentários

Os Mortos Tremem Debaixo das Águas? – Jó 26:5

Extraído do livro: Leia e Compreenda Melhor a Bíblia, de Pedro Apolinário. “Os mortos tremem debaixo das águas, com os seus moradores”. Os tradutores da Sociedade Bíblica Brasileira fizeram um

3 Comentários

  1. Carlos
    julho 30, 20:10 Resposta

    Livro fantástico e verídico. fiz três leitura de Enoch, em todas senti a presença de Deus. Jesus e revelado em todo o livro. Fantástico!!!

  2. Antônio Alair
    junho 30, 05:11 Resposta

    O novo testamento foi inspirado no livro de Enoque e não no velho testamento. Por isso o Deus apresentado no NT é tão divergente do Deus apresentado no no VT.

  3. G.Ramon lopes
    novembro 20, 17:25 Resposta

    A respeito do livro de Enoque: Visando que Enoque é referido como varão perfeito a ponto de ser levado por Deus, porque não dar credibilidade as informações e aceitá-lo como inspirado. Em paralelo , o livro de Gênesis escrito por Moisés tambem não segue os mesmos padroes por não haver escrita naquela época? Duvida: Aceitar ou não como um livro válido para estudo juntamente com a biblia como material de apoio?

Deixe seu Comentário