O que a Bíblia diz sobre a honestidade e desonestidade?

O que a Bíblia diz sobre a honestidade e desonestidade?

Honestidade significa ser verdadeiro, transparente, não roubar, não enganar ou defraudar ninguém. O indivíduo honesto repudia a esperteza e o desejo de querer levar vantagem em tudo e sobre todos. O oitavo mandamento da Lei de Deus nos aconselha a ter uma vida de honestidade: “Não furtarás”. (Êxodo 20:15). O furto é caracterizado quando alguém toma posse daquilo que não é propriedade sua. Algumas pessoas preferem “atalhos” para conquistar aquilo que não lhes pertencem. A pirataria de músicas ou filmes é um desses atalhos. Mas a Bíblia é clara ao dizer que precisamos merecer, mediante o trabalho, aquilo que gostaríamos de possuir (Efésios 4:28; Provérbios 11:1).

Um antigo conto chinês relata a história de um ladrão que roubou um sino. Ao fugir do local do roubo, ele percebeu que não conseguia fazer o sino parar de bater. Em meio ao pânico e temor de ser descoberto, ele encontrou um modo de sentir-se seguro: resolveu tapar os ouvidos para não ouvir o sino! O maior inimigo do ladrão é a consciência. Assim como o sino dessa alegoria, a consciência nos adverte contra o engano de tomarmos aquilo que não nos pertence. Enquanto não devolvermos o que não nos pertence, o “sino” sempre estará tocando. Salomão ironicamente já previa o destino dos desonestos: “Suave é ao homem o pão ganho por fraude, mas, depois, a sua boca se encherá de pedrinhas de areia” (Provérbios 20:17).

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

A Bíblia apresenta outros textos que falam a respeito desse assunto:

Deus requer e merece honestidade. A Bíblia diz em Salmos 51:6: “Eis que desejas que a verdade esteja no íntimo; faze-me, pois, conhecer a sabedoria no secreto da minha alma.”

A desonestidade causa dor e dura tanto quanto a ferida física. A Bíblia diz em Provérbios 25:18: “Malho, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo.”

O Senhor não aprova desonestidade em transações de negócios. A Bíblia diz em Provérbios 20:23: “Pesos fraudulentos são abomináveis ao Senhor; e balanças enganosas não são boas.”

Seja honesto e aberto. A Bíblia diz em 1 Tessalonicenses 2:3: “Porque a nossa exortação não procede de erro, nem de imundícia, nem é feita com dolo.” Ainda encontramos o seguinte texto: “Pois zelamos o que é honesto, não só diante do Senhor, mas também diante dos homens”  (2 Coríntios 8:21).

Os líderes apreciam aqueles que dizem a verdade. A Bíblia diz em Provérbios 16:13: “Lábios justos são o prazer dos reis; e eles amam aquele que fala coisas retas.”

A verdade é mais valiosa que os elogios. A Bíblia diz em Provérbios 28:23: “O que repreende a um homem achará depois mais favor do que aquele que lisonjeia com a língua.”

Os filhos de pais honestos são bem-aventurados. A Bíblia diz em Provérbios 20:7: “O justo anda na sua integridade; bem-aventurados serão os seus filhos depois dele.”

Diga sempre a verdade. A Bíblia diz em Provérbios 12:13-14: “Pela transgressão dos lábios se enlaça o mau; mas o justo escapa da angústia. Do fruto das suas palavras o homem se farta de bem; e das obras das suas mãos se lhe retribui.”

As riquezas que foram ganhas desonestamente não duram. A Bíblia diz em Provérbios 21:6: “Ajuntar tesouros com língua falsa é uma vaidade fugitiva; aqueles que os buscam, buscam a morte.”

Siga os caminhos de Deus. A Bíblia diz em Provérbios 11:1: “A balança enganosa é abominação para o Senhor; mas o peso justo é o seu prazer.”

Deus prefere que sejamos honestos de que demos ofertas. A Bíblia diz em Provérbios 21:3: “Fazer justiça e julgar com retidão é mais aceitável ao Senhor do que oferecer-lhe sacrifício.”

Anterior Princípios bíblicos para o casamento
Próximo Romanos 2:13 e a justificação pela fé

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 575 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

FAQ - Dúvidas Frequentes 36 Comentários

Não seria errado um cristão usar cerveja sem álcool?

O uso ou não da cerveja sem álcool está mais ligado à consciência de cada um não sendo, portanto, um ponto doutrinário que envolva moralidade. Prova disso encontramos, por exemplo,

Ética Cristã 56 Comentários

Código Penal Bíblico versus Código “Penal” Brasileiro

Não defendo em hipótese alguma a união entre Igreja e Estado. Nesse ponto, concordo (parcialmente) com vários ateus, quando afirmam que essa “união” (imoral) contribuiu para que muitas barbaridades fossem

Ética Cristã 4 Comentários

O que a Bíblia diz sobre a crítica?

A crítica pode ser destrutiva. A Bíblia diz em Gálatas 5:15: “Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais uns aos outros.”  Veja os

1 Comentário

  1. Fanuel
    agosto 02, 15:35 Resposta

    Mas, suponhamos, a empresa de total ciência aos seus clientes sobre os seus produtos se tratarem de réplicas.
    E levando em conta, que essa empresa é dirigida por cristãos, onde ela gera muitas oportunidades de emprego, onde a maioria dos funcionários são cristãos, e por meio disso, alguém que trabalhava na empresa (que não era cristã) , essa pessoa conhece o evangelho e aceita a Cristo.

Deixe seu Comentário