Apologética Cristã

O que a Bíblia diz sobre os dons espirituais?

Os nossos dons espirituais, ainda que sejam diferentes uns dos outros, são todos úteis para que juntos possamos trabalhar para servir a Deus e uns aos outros. A Bíblia diz em Romanos 12:4-5: “Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e individualmente uns dos outros.”

Os dons espirituais vêm de Deus com um fim especial. A Bíblia diz em 1 Coríntios 12:4-6: “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.”

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

Quais são alguns dos dons espirituais? A Bíblia diz em 1 Coríntios 12:8-11: “Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer.” A Bíblia diz em Efésios 4:11-13: “E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo.” (Biblia.com.br)

Cómo  entender melhor o texto de Efésios 4:8, 9?

Diz o texto bíblico: Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens. Ora, que quer dizer subiu, senão que também havia descido às regiões inferiores da terra?? (Efésios 4:8-9). Aqui há uma citação do Salmo 68:18.

Subiu às alturas – Paulo aqui aplica as palavras do salmista à ascensão de Cristo. Ele salienta que é a ascensão de Cristo que é a garantia da habilidade de Jesus para conceder os Dons do espírito ao homem.

Levou cativo o cativeiro ? o significado aqui é sem dúvida ?levou cativo em grupo de cativos?. Nos salmos, a referência é provavelmente aos inimigos do rei de Israel que haviam sido capturados. Em Efésios, pode ser compreendido como se referindo àqueles que estavam cativos pela morte, mas foram ressuscitados com Cristo por ocasião da ressurreição de Jesus (Mateus
27:51-53).

As correntes da morte foram quebradas; os cativos de satanás foram agora capturados pelo poder de cristo. A palavra deu dons aos homens no Salmo está como recebeu. Como sabemos, Paulo é um escritor inspirado, e está adaptando a declaração do salmista ao trabalho de Cristo em distribuir Dons espirituais imediatamente após a sua entrada triunfal nos céus. Assim que Jesus foi entronizado, reconhecido como vitorioso no céu, ele derramou os dons do espírito através do pentecostes.

Verso 9  Ora, que quer dizer subiu, senão que também havia descido às regiões inferiores da terra??.

Temos aqui as expressões subiu e desceu.

Subiu ao céu – A ascensão de cristo ao céu implica que antes ele havia descido do céu (João 3:13). Não somente o Filho de Deus desceu a esta terra; Ele tocou as próprias profundezas da experiência humana, tornando assim sua ascensão ao trono da glória ainda mais gloriosa.

Desceu às regiões inferiores da terra ? Esta frase pode ser entendida de duas maneiras: uma referindo-se a própria terra; a outra seria as partes inferiores da terra ou o inferno (hades = sepultura) para onde Cristo foi por ocasião da morte (Atos 2:31).

Segundo esta última interpretação, a passagem poderia ser entendida como falando especificamente da morte e sepultamento de Cristo. Foi esta humilhação de Cristo que permitiu a sua exaltação (Filipenses 2:5-11). Ao entrar em tal experiência da morte e do sepultamento Jesus se tornou um sumo-sacerdote eficaz e compreensivo relacionado com todas as dificuldades da vida humana inclusive a própria morte (Hebreus 2:14-18; 7:25-27).

No verso 10 temos uma complementação do pensamento. A descida foi muito profunda, mas a ascensão é ainda mais alta do que a profundidade da descida. Aqui temos provavelmente uma expressão figurativa: acima de todos os céus, denotando a altura da exaltação.

Ao apóstolo falar encher todas as coisas, alguns acham que o verso está falando da onipresença de Cristo que como homem, tinha aceito as limitações da humanidade; mas agora Ele está em uma posição de conceder os seus Dons, derramar a sua graça e o seu poder e glória ilimitados, pois Ele é a luz do mundo, o Sol de justiça. Ele espalha seus raios doadores de vida em cada canto escurecido deste mundo e do universo.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *