O que é uma seita?

O que é uma seita?

Como saber se uma igreja é ou não uma seita? Evangélicos são considerados aqueles que aceitam as doutrinas essenciais bíblicas, principalmente as que dizem respeito ao trabalho de Cristo.

Como saber se uma igreja é ou não uma seita? Evangélicos são considerados aqueles que aceitam as doutrinas essenciais bíblicas, principalmente as que dizem respeito ao trabalho de Cristo. Veja o que escreveu Eddie Gibbs, um renomado escritor em seu livro “Church Next”:

“Podemos definir igrejas evangélicas como aquelas que tem se comprometido com certos fundamentos teológicos inegociáveis. Isto inclui:

  1. A natureza de Deus revelado como três em um na Trindade.
  2. Os evangélicos creem na singularidade de Jesus Cristo como o Filho de Deus, que é completamente divino, contudo tornou-se plenamente humano através de sua encarnação.
  3. Eles mantêm a crença de que Deus escolheu revelar-se a si mesmo para a humanidade através dos seus atos poderosos e palavra falada fielmente registradas nas Escrituras e supremamente revelada na pessoa de Cristo.
  4. Eles insistem na necessidade universal de salvação e na singularidade do trabalho salvador de Cristo para trazer perdão, livramento, regeneração, adoção e santificação.
  5. Eles são encorajados pela segura esperança do retorno pessoal de Cristo,
  6. E afirmam que todas as pessoas irão postar-se diante de Deus no julgamento final.

“São estas convicções inamovíveis que constituem a base para a dedicação dos evangélicos à evangelização mundial.”1 Seita é todo o movimento que não aceita a Bíblia como regra de fé e não aceita a Jesus como salvador.

Veja algumas características de uma seita:

1) Substitui a Jesus por um líder humano ou nega a plena divindade de Cristo;
2) Substitui a Bíblia pelas tradições humanas ou por crenças consideradas heresias na Bíblia;
3) Usa da coerção para fazer com que seus seguidores sigam suas opiniões, bloqueando assim a liberdade de escolha destes.

Portanto, definir se uma igreja é ou não uma seita é necessário usar critérios teológicos, como os que foram apresentados por Eddie Gibbs no texto acima. Cada sincero pesquisador da verdade deve analisar os ensinos e práticas de uma determinada organização e chegar a sua própria conclusão. Para isso é preciso pedir ao Espírito Santo a iluminação para discernir bem este assunto.

O fato de um movimento ser tachado ou considerado popularmente como “seita” não quer dizer que o seja. Por exemplo, o próprio Apóstolo Paulo foi acusado de pertencer a uma seita. Veja: “Porém confesso-te que, segundo o caminho, a que chamam seita, assim eu sirvo ao Deus de nossos pais, acreditando em todas as coisas que estejam de acordo com a lei e nos escritos dos profetas” (Atos 24:14).

É preciso lembrar que estamos todos imersos na grande guerra entre o bem e o mal. Como numa guerra real existe a informação e a contra-informação. Satanás, o inimigo de Deus, quer conseguir com que o erro pareça ser verdade e a verdade pareça ser erro.

Colossenses 1:9: “Por esse motivo, desde o dia em que ficamos sabendo de tudo isso, nunca paramos de orar em favor de vocês. Pedimos a Deus que encha vocês com o conhecimento da sua vontade e com toda a sabedoria e compreensão que o Espírito de Deus dá”.

O fato de Paulo ser acusado de pertencer a uma seita não demonstra que ele pertencia a uma seita. Nós sabemos que ele seguia o caminho ensinado por Jesus e os apóstolos. Dessa forma, para sabermos com certeza se uma determinada religião é ou não uma seita, temos que conferir seus ensinos com a fonte de toda verdade – a Palavra de Deus. Daí a importância de estudarmos com cuidado a Bíblia e submetermos à ela todo ensino e experiência. Se algum ensino não estiver em conformidade com as verdades das Escrituras Sagradas, deve ser rejeitado (Isaías 8:20).

Biblia.com.br

_______________

1 Eddie Gibbs, Church Next, (Downers Grove, IL: Inter Varsity Press, 2000), p. 54.

Anterior Por que alguns evangélicos consideram a Igreja Adventista do Sétimo Dia uma seita não cristã?
Próximo 48 textos bíblicos contra a predestinação

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 656 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 0 Comentários

Como devemos interpretar a mensagem de um autor

Após  ler uma série de comentários no Face e Youtube, acredito que é importante falarmos um pouquinho sobre a interpretação de um texto, pois percebo que algumas pessoas tiram conclusões

Apologética Cristã 0 Comentários

A Bíblia é inspirada? O que isso significa?

“Alguns dizem que a palavra “inspiração” não é bíblica. É verdade? Está correta a tradução de 2 Timóteo 3:16?”

Apologética Cristã 0 Comentários

o profeta Elias reencarnará antes da Segunda vinda?

Elias será reencarnado antes de Cristo voltar à Terra? Alguns pensam assim, com base nesse verso. Mas repare o que Cristo comentou em Seus dias: “Elias já veio, e não

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!