“O que entra pela boca não contamina o homem”? – Mateus 15:11 e Marcos 7:15

“O que entra pela boca não contamina o homem”? – Mateus 15:11 e Marcos 7:15

Com muito prazer que estou escrevendo este email para vocês. Sou de Iacanga – SP. Estamos estudando sobre a religião Adventista do Sétimo dia e gostaria de obter uma resposta.

Há pouco o Prof. Leandro respondeu a respeito da carne de porco… É que Deus fala na Bíblia que o que é imundo não é que entra da boca para dentro, mas sim que sai da boca do homem…

Espero ter uma resposta sobre isso. Um abraço e tchau… E.M., por e-mail.

Sua pergunta foi recebida com muito carinho pelo programa “Na Mira da Verdade”. Parabéns por sua disposição em estudar sobre os Adventistas diretamente conosco, amiga. Deus recompensará sua sinceridade!

Vamos a sua dúvida:

“Não é o que entra pela boca o que contamina o homem, mas o que sai da boca, isto, sim, contamina o homem.”Mateus 15:11.

“Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai do homem é o que o contamina.”Marcos 7:15.

Nestes versos Jesus não está dando a permissão para usarmos todos os tipos de alimentos. Pegue sua Bíblia e analise comigo o seguinte texto: “Então, lhe disse Pedro: Explica-nos a parábola. Jesus, porém, disse: Também vós não entendeis ainda?” Mateus 15:15-16 (Grifo meu). Após análise do contexto em que Jesus proferiu esta declaração, alguns fatos se tornam claros:

Primeiro: Isto que Jesus contou é uma parábola. Sabemos que este tipo de narração não deve ser considerado uma doutrina, pois, uma história fictícia é utilizada apenas para ilustrar a fim de se transmitir uma lição moral e/ou espiritual;

Segundo: Cristo não poderia estar falando dos alimentos considerados imundos, sendo que eram judeus quem estavam presentes. De modo algum haveria na mesa deles algum tipo de carne imunda para o Salvador estivesse tratando do assunto;

 

 

Terceiro: Jesus tinha outro propósito ao mencionar esta parábola: “Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que contaminam o homem; mas o comer sem lavar as mãos não o contamina”. Mateus 15:18-20.

Perceba: os fariseus diziam que, se uma pessoa comesse sem lavar as mãos (ritual de purificação), iria ser contaminada (Marcos 7: 1-4)

E o objetivo de Jesus era ensinar que a “fonte” das más ações praticadas pelo ser humano se acha no “interior”, não no “exterior”. Não há proveito apenas quando o exterior é purificado, como faziam os fariseus. (Ver Mateus 23:26)

Portanto, ao Jesus dizer: “não é o que entra pela boca que contamina ao homem, mas o que sai da boca…” Ele está se referindo ao ato de lavar as mãos como ritual de purificação. Simplesmente está afirmando: “Não é o ato de não lavar as mãos antes das refeições que irá contaminar o homem, mas as palavras más que saem da sua boca”.

Esse é o contexto da declaração do Salvador.

Conte comigo sempre,

Leandro Quadros
Jornalista

Fonte

Anterior O Evangelho também está presente no Antigo Testamento
Próximo A oração não purifica os alimentos – 1 Timóteo 4:1-5

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 686 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 1Comentários

O que a Bíblia diz sobre os adivinhos, cartomantes e afins?

Toda prática ocultista é proibida por Deus. Ao orientar os israelitas que deveriam possuir a terra prometida de Canaã, Ele disse:  “Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te

Bons Debates 6 Comentários

Ellen G. White e a Perfeição Cristã

Tradução: Nelson Wasiuk O artigo a seguir, escrito por Woodrow W. Whidden, é a tradução do verbete “Perfeccion” da obra The Ellen G. White Encyclopedia[1], a maior obra de referência

Bons Debates 2 Comentários

É Correto Comemorar o Natal?

Acerca da comemoração do Natal, farei alguns comentários para que juntos possamos analisar os fatos. Particularmente não acredito que seja um pecado – ou mesmo um erro – utilizar a

3 Comentários

  1. Yukio Felberk Shigihara
    fevereiro 23, 12:53 Resposta

    Bom dia, Professor.

    Marcos 7
    18 Ao que Ele lhes declarou: “Ora, pois nem vós tendes tal entendimento? Não conseguis compreender que nada que entre no homem tem o poder de torná-lo impuro? 19 Porque efetivamente não entra em seu coração, mas sim em seu estômago, sendo digerido e depois expelido”. Ao fazer essa afirmação, Jesus proclamava puros todos os alimentos.

    O que diz sobre isso?

  2. Raphaela
    dezembro 06, 15:24 Resposta

    Sou adventista do sétimo dia mas tenho uma dúvida.
    Há algo errado em comer comidas que contenham corante natural feito com ácido carmíninico ( que vem da cochonilha) ou gelatinas (pois muitos dizem que é de porco)?
    Estudei em internatos adventistas e lá eles consomem esse tipo de alimento, sendo que até na igreja são consumidos em cafés da manhã ou como sobremesa em almoços.
    Eu não interrompi o consumo mas fiquei com essa dúvida.

Deixe seu Comentário