Qual foi a alimentação de João Batista?

Qual foi a alimentação de João Batista?

Existe uma explicação para Mateus 3:4? Ali diz que João Batista se alimentou de mel silvestre e gafanhotos. O gafanhoto é um alimento imundo? Por que esta alimentação?

Segundo as tradições rabínicas, existiam gafanhotos limpo e imundos. A Enciclopédia Judaica afirma que na antiguidade se considerava que os gafanhotos constituíam uma comida frugal e que os ascetas participavam desse alimento, exemplo do qual pode se encontrar na alimentação de João Batista.

Também existe uma grande tradição no sentido de que João Batista comeu um vegetal e não um inseto. A discussão gira em torno da palavra grega AKRÍS (gafanhoto) cujo sentido original dá margem para a interpretação “plantas” ou “rutos silvestres”.

A escritora Ellen White, ao falar da alimentação de João Batista, destacou que sua frugal comida, de origem vegetal, era uma repreensão para a glutonaria que prevalecia naquela época.

Anterior A adoração da estátua: onde estava Daniel?
Próximo O batismo dos apóstolos

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 676 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Aconselhamento Espiritual 0 Comentários

Perigo a um clique na internet

Saiba os riscos que existem na internet para o desenvolvimento sexual e afetivo de crianças e adolescentes Todo mundo fala que os adolescentes vivem no “mundo da lua”. Atualmente, o

Aconselhamento Espiritual 0 Comentários

Carta a alguém que foi abusado sexualmente

Fui abusado sexualmente e estuprado mais de uma vez por dois familiares meus. Sinto até hoje enorme culpa e profundo ódio, e não sei como Deus vê isso. Quando contei

Aconselhamento Espiritual 1Comentários

Disciplina Eclesiástica: Evitando os Extremos

A igreja deve agir em nome e na autoridade de Cristo. A palavra disciplina vem do latim discere – “aprender” a mesma raiz da palavra “discípulo”[1]. Disciplina é “ensino, instrução,

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!