Série espiritismo – Estudo 1 – Leandro Quadros

Série espiritismo – Estudo 1 – Leandro Quadros

Elaborei uma série de 8 estudos  a fim de: (1) mostrarmos biblicamente como Deus considera o espiritismo, (2) explicar textos usados para “apoiar” a doutrina espírita e (3) mostrar aos ouvintes que não há harmonia entre a Bíblia e os escritos de Allan Kardec.Oro para que você use esse material da forma correta, para levar o conhecimento bíblico aos nossos amigos espíritas que são tão caridosos, receptivos e amorosos. Eles precisam conhecer a Verdade, mas, jamais devem ser magoados.Logo abaixo você terá o material escrito do primeiro programa. Um grande abraço!

Leandro Quadros.

Introdução

O Brasil é o país com o maior número de espíritas no mundo. Estatísticas feitas pelo IBGE em 2005 revelaram que 40 milhões de brasileiros acreditam na doutrina espírita.

A escritora e profetisa Ellen White escreveu há mais de 100 anos“O espiritismo está prestes a cativar o mundo. Muitos há que julgam ser o espiritismo mantido por truques e imposturas, mas isto está longe da verdade. Um poder sobre-humano está operando de várias maneiras, e poucos têm a idéia do que será a manifestação do espiritismo no futuro”. (Evangelismo, p.p. 602, 603).

Perceba que, de acordo com Ellen White, não é por acaso que o espiritismo é muito divulgado na mídia, especialmente nas novelas de uma grande emissora de TV de nosso País!

O que vamos estudar com você nessa série de oito programas na rádio Novo Tempo é esse fenômeno chamado espiritismo, que faz parte da vida de muitas pessoas sinceras e caridosas. Com certeza, não esgotaremos o assunto, mas abordaremos o que cremos ser o principal: os cinco pilares do espiritismo e algumas afirmações de Allan Kardec – pai do moderno espiritismo – para sabermos se a doutrina espírita realmente está em harmonia com o ensino bíblico sobre o que acontece com o ser humano depois da morte.
Com base na Bíblia responderemos a algumas perguntas nessa série:

1) Como Deus considera o espiritismo?
2) Para onde vai a alma ou espírito depois da morte?
3) A doutrina da reencarnação é uma verdade ou uma mentira?
4) Os escritos de Allan Kardec estão em harmonia com a Bíblia?
5) O espiritismo oferece as verdadeiras respostas às dúvidas que o ser humano tem sobre a vida e o mundo?
6) É possível ser salvo sendo um espírita?
7) Para Deus é correto ser cristão e espírita ao mesmo tempo?

O que é alma

[Em estudo posterior abordaremos de maneira mais detalhada o conceito de “alma” na Bíblia]

Para respondermos à pergunta: “o que acontece com a alma depois da morte?”, precisamos saber como Deus fez a vida. Gênesis 2:7 responde:

“Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homempassou a ser alma vivente.”

Convém destacarmos alguns pontos do verso acima:

1) Perceba que Deus criou um boneco de barro com todos os órgãos, tecidos, músculos… E, para que aquela obra de arte do Criador ficasse completa, precisava de vida. Por isso, Deus soprou no ser humano o fôlego de vida; não soprou uma alma;

2) O ser humano, portanto, não tem uma alma; ele é uma alma (ler Deuteronômio 10:22). A Bíblia apresenta uma visão holística do ser humano, ou seja: a alma (pessoa viva) só existe se estiver interligado o corpo, o fôlego de vida (que é o “espírito”, no original bíblico. O termo hebraico e grande parte dos versos é ruach. No grego, pneuma), a mente, as emoções. Separando-se tais elementos da natureza humana (que é psicossomática segundo a própria ciência), a vida acaba.

E, de acordo com Jesus (o “Autor da Vida” – Atos 3:15), será apenas na ressurreição que tais elementos do SER serão reunidos para a alma (pessoa) voltar a existir“e serás bem-aventurado, pelo fato de não terem eles com que recompensar-te; a tua recompensa, porém, tu a receberás na ressurreição dos justos.” Lucas 14:14.

Colocarei aqui a lista dos próximos estudos!

Estudo 2: http://leandroquadros.com.br/serie-espiritismo-estudo-2/

Anterior Americano se torna 1º homem a cruzar a Antártida a pé, sozinho e sem ajuda
Próximo Série Espiritismo – Estudo 2

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 695 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Apologética Cristã 0 Comentários

O que a Bíblia diz sobre a graça?

A salvação é recebida através da graça. É um dom de Deus. A Bíblia diz em Efésios 2:8-9: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não

Apologética Cristã 2 Comentários

Por que os justos serão julgados?

Cristo não pode assegurar a salvação àqueles que apenas professam ser cristãos com base nas boas obras que praticaram (Mateus 7:21-23). Os registros celestiais, portanto, são mais que apenas uma

Apologética Cristã 17 Comentários

Havia relações sexuais entre os filhos de Adão e Eva?

A Bíblia ensina que os primeiros seres humanos criados por sobre a Terra foram Adão e Eva: ‘Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O

5 Comentários

  1. MarinhoSul
    março 12, 05:53 Resposta

    Sim, errou Espiritismo é uma coisa, espiritualismo é outra Sua vertente religiosa enquadra-se neste O Espiritismo, passa por um processo criterioso de avaliação, por notáveis homens de ciência de kardec aos tratados das Metapsíquicas humanas do Prêmio Nobel em medicina Charles Robert Richet. Este processo de Kardec às Metapsíquicas , levou aprox entre 40 a 50 anos, em tda Europa e tbm nos U.S.A, e foram milhares de experiências nesse período.

    Portanto o Espiritismo, passou pelo crivo da análise e da repetição do experimento continuamente até hj, como é o processo de avaliação científica, distinguindo sempre Objeto de Sujeito ( consciências), em necessidades, apendizados e conhecimento.Tanto a literatura técnica espírita, quando a psicografia técnica, passam por um critério de avaliação q Kardec, chamou originalmente de C.U.E.E, e podem tanto uma quanto a outra, responderam às ciências, em qualquer área.
    A psicografia técnica , pelo q se sabe, só a escola espírita tem, e ela, é DEMONSTRAÇÃO, para não dizer prova cabal única, q se tem, q podem serem comparadas á várias áreas como citado nos outros comentários com as devidas fontes, ( q não aparecem).
    O Espiritismo, tbm oferece uma proposta em psicologia profunda, cruzada e estudada à luz da Psicologia Analítica, nos quadro-médicos espiritas, congressos técnicos internacionais, por ex, e cruzadas à evolução do consenso e publicação científica, por profissionais das áreas médicas, espíritas e não espíritas, em grupos restritos mundo à fora.

    Não se tem notícias de alguma literatura assim, e q são as provas das comujnicabildiade espiritual, a metodologia de análise e desenvolvimento na distinção por padrão rígido de Objeto e Sujeito, levando em conta acima de tudo o caráter ético-moral
    Tda obra espírita, nas suas mais de 2.000 e com as técnicas, mais de 3.000, são revertidas aos menos favorecidos, sem exceção. Um religioso, não tem autoridade para avaliá-las, mas todos na net, expõe-se ao emitir juízo crítico, sem o menor domínico e conhecimento do q o Espiritismo trata e propõe, e vejo há mais de 3 anos, e nenhum crítico, muito menos pastor ou teólogo, sabe disso, e não tem condições de análise, pois está muito acima dele, e sim entregue aos ramos mais nobres e altos das ciências.
    Sua vertente sim prof Leandro, enquadra-se neste grupo, pois depende da teologia católica, para adaptar a sua, e a arqueologia de ponta à ponta documentalmente, vem demonstrando q teologia tem origem no mito greco-romano e perso-zoroástrico.

    ” O ignorante afirma, o Sábio duvida, e o sensato reflete”, Aristóteles
    ” Busqueis a Verdade, e somente ela, vos libertará, Jesus.
    Aqui Jesus diz tudo: ” A carna, para nada vale, o q atesta, é o espírito”.
    E na Bíblia é que constam estas faculdades senso-perceptivas, já começando pelo vocábulo profeta em hebraico, sua designação e suas características, e o Espiritismo, aprofunda o perfil histórico de Jesus lançando uma visão sócio-antropológica na história dual do homem, e resgata seus ensinamentos mais profundos à luz da Psicologia profunda espírita, em complemento as lacunas da psicologia analítica, como dizem os congressos médico-espíritas, e seus estudiosos dos dois lados.

  2. MarinhoSul
    março 10, 01:30 Resposta

    Do Espiritismo parte 2:
    No Espiritismo, existem mais de 3.000 Obras, e dezenas e dezenas destas, são de linguagem de extrema complexidade , onde 4 tipos de linguagem são apresentadas; Moral, em mensagens, romances fictícios e históricos, histórica, filosófico-CIENTÍFICA. Tanto nas obras de investigação, como principalmente no resultante do laboratório mediúnico, pois este, tbm geram Obras, ( centenas e centenas), e estas, são as PROVAS ÚNICAS NA HISTÓRIA, q podem ser passadas pelo crivo da análise científica.
    Ex: As Obras mais recentes do espírito Joanna de Angelils, em 16 livros q surge no fim dos anos 90, e encerra-se em 2012, é estudada, e comparada com a Psicologia Analítica, em suas lacunas, em grupos específicos de estudiosos dentro e fora do Espiritismo, mundo à fora. Foi levada à palestas, no início dos anos 2.000 pela eminente e renomada Psiquiatra, Elisabeth Kulber Ross, à Univ da Suécia, e Yale, ( menina dos olhos da medicina mundial, em grupos RESTRITOS), PARA Q fique claro.
    Estas obra falam do Homem Integral, desde seu histórico primitivo às escolas filosóficas Sócrates-Platão às escolas atomistas a Mirlvat, a Descartes, e a Moderna Psicologia Analítica, aprofundando a terapêutica, nas msgns do Evangelho de Jesus, sob a ótica da Psicologia profunda, portanto, o Espiritismo, difere-se completamente da religião dogmática, por todos os fatores ditos

  3. MarinhoSul
    março 10, 01:27 Resposta

    Do Espiritismo Parte 1: O Espiritismo nasce com Kardec, e seus amigos, entre eles o 2° maior astrônomo da França, numa avaliação criteriosa, q perdura por aprox 40 anos na Europa. Este processo, lança a investigação por mentes brilhantes q irão incidir em todas as áreas do Conhecimento moderno, encerrando-se aprox 40 anos depois de Kardec, com os Tratados das Metapsíquicas Humanas, do Prêmio Nobel em Medicina como médico fisiologista, Charles R. Richet, q junto com Carrel, tbm prêmio Nobel, irão dar origem à Medicina moderna de transplantes e cirurgias. Até então havia a necessidade de em alguns casos refutar até então vigente IDEOPLASTIA, como causa primária para a fenomenologia supra-Consciência ou paranormal. Neste tratado surge o confronto, publicado em periódicos, e vem a refutação perante a Riichet, pelo Círculo científico de Minerva, onde estavam tbm as 3 mentes mais brilhantes da investigação cientifica moderna, na criminalística, ética no Direito e Psicanálise como; Cesare Lombroso, Alexandre Aksakof, o físico-químico mais premiado da Coroa da Rainha, William Crookes, e tantas, tantas outras mentes brilhantes como estudiosos da mente, físicos como os pais da comunicação, da ótica, o rival de Darwin, Alfred Wallace. Em 20 casos, liderados pelo prof de filosofia e método científico da Univ de Turim, Ernesto Bozzano, é pulverizada a crítica dos questionadores e até outros eruditos, q demonstraram perfeitamente, detalhadamente a distinção de Consciências em saberes, experimentações e necessidades, entre médiuns e espíritos. Só nos últimos anos, as neurociências , já estão começando a distinguir Consciência dos mecanismos celulares, por falta de matéria. Na física atômica, a matéria, só é reconhecida entre 1 a 4 %, a Psicologia, não consegue transpor o Inconsciente em uma vida só, e não apresenta solução para certos transtornos e depressões não ajustáveis clinica e terapeuticamente. TUDO Q O ESPIRITISMO DIZ, FOI POR PESQUISA, EXPERIMENTAÇÃO E DEVIDA CONCLUSÃO, de forma sistemática, como é por ex na química, em rígido laboratório, para fins nobres, ( e não sob especulação humana).

  4. MarinhoSul
    março 09, 03:46 Resposta

    Parte 2 – Recentemente um neuropsiquiatra e neurocientista espírita da U.S.P (Dr Sérgio Felipe) q tem um grupo restrito na U.S.P, e tbm com um cientista na Univ. de Bolonha Itália, um dos físicos e matemáticos mais importantes do país, q conhecem profundamente a ciência e ao mesmo tempo a codificação espírita, as obras técnicas, e o ambiente mediúnico (fundamental, conhecer-se os dois lados), Dr Sérgio Felipe de Oliveira e o pesquisador chefe físico doutorado nos U.S.A, Macau, Pesquisador-chefe do I.N.P.E – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, dizem q nesse exame entre objeto e Sujeito, sim Espiritismo é ciência. O físico é o Macau, dr em física e matemática nos Estados Unidos, pela L.A University. Recentemente, três cientistas em neurofisiologia publicaram trabalhos q confirma o espírito André Luiz, sobre o cérebro, ( q só agora as ciências estão começando a entender), nas suas funções neuroplásticas já demonstradas lá atrás, nos Tratados das Metapsíquicas Humanas do prêmio Nobel Charles Richet, vs o cíclo científico de Minerva, composto pelo físico-químico, mais premiado da Coroa da Rainha, as três mentes analíticas q determinam o modelo ( entre outros não espíritas), da investigação na Medicina Forense e criminalística; Ernesto Bozzano, Alexandre Aksakof e Cesare Lombroso, onde em 20 casos publicados, frente a Richet, evidenciam a distinção de Consciências, ( objeto e Sujeito), com detalhes tão ricos, q tornam-se irrefutáveis até hj, determinando a distinção entre consciências, e tbm entre o fenômeno ideoplástico, de efeitos físicos, onde o médium, pode ser o AGENTE, e o fenômeno inteligente, onde não tem como atribuir ao médium, nem por expansão de consciência, sendo tão somente atribuídos a outra consciência. Escolheu o pior momento da história para criticar aquilo q já está começando a ser demonostrando. Nestas duas obras de André Luiz, é debulhado o cérebro.

    Retomando: Estas Obras de André Luiz, ditadas a Chico, há 70 anos atrás, em relação ao cérebro e funções neuroplásticas, Emmanuel, apresentava André Luiz a Chico, e antes disso, fez na introdução do livro Nos domínios da Mediunidade, um ressumo da ciência da época, e onde iria parar no futuro, com relação à matéria, e ao pensamento o comparando como uma onda de rádio, onde depois André Luiz, dividirá em duas frequências; e irá contrariar as ciências da época, até pelo menos a 10 anos atrás, dizendo q o núcleo celular, não é responsável pelo comando do GENE. Irá dizer q a Consciência distingue-se do Cérebro, não sendo dominada por ele, e sim sua gestora. Disse tbm, q no córtex frontal, haviam três divisiões, frontal, pré-frontal e gânglios basais, e além do seu funcionamento fisiológico, estas regiões, ativavam-se eletrofisiologicamente, pois o pensamento, não seria mera elaboração neuroquímica, antes disso, seria atividade elétrica, e q estas regiões, estavam associadas ao homem primitivo-instintivo, ( gânglios basais), e q o frontal, as atividades cotidianas, ( homem atual), memória de trabalho etc, e no outro as atividade benevolentes q geram trabalho, mas ao mesmo tempo bem estar, e regularia funções de satisfação ao homem, mais do que o mero prazer.
    PASME AGORA: Recentemente estes cientistas referências internacionais em neurogenética, Francis Collins, e principalmente Rudolph E. Tanzi, o mais bem sucedido clonador c/nanotecnoogia, Robert Lanza,; Schultz, Gary Schwartz e tantos outros, dizem: ” Nós, não temos mais como atribuir o mais importante em nós, A CONSCIÊNCIA, às funções mecânicas das células, ou bio ou neuroquimicas; a mente, é gestora do cérebro, e não se tem como atribuir a sede dela a estes mecanismos”.
    AGORA PASME DUAS VZS: dizem: Um GENE, só funciona com um comando externo às funções, ou seja, o mais importante q é a Consciência e o funcionamento genético, NÃO TEM ATRIBUIÇÃO NA MATÉRIA, confirmando André Luiz, lá atrás, ponto a ponto.

Deixe seu Comentário