Tag "biblia"

Apologética Cristã 0 Comentários

Por que Deus não destruiu o diabo?

Esta é uma pergunta muito importante, pois a resposta nos ajuda a entender mais sobre a origem do mal, suas consequências e o plano de Deus para a nossa salvação.

Apologética Cristã 0 Comentários

Veracidade dos Sinais da volta de Jesus

Os sinais indicam que a vinda do Salvador está realmente próxima? Certamente! Veja o que diz a Bíblia a respeito: “Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei

Apologética Cristã 0 Comentários

Os espíritas são maravilhosos. O espiritismo, não.

Uma espírita muito sincera e querida escreveu-me: “Quando dizem que o espiritismo não é de Deus então vocês acreditam em outro deus. Não existe outro deus, o único deus é

Apologética Cristã 0 Comentários

A nova aliança aboliu os Dez Mandamentos?

“Na Bíblia aparecem dois pactos: um ‘antigo’ e outro ‘novo’. Na realidade, não há mais que um pacto: existe apenas um plano de salvação, que é um ‘pacto eterno’ por

Sem categoria 0 Comentários

A palavra plural “vidas” reafirma a reencarnação?

Um espírita argumentou que a palavra “vida” no hebraico é plural e, por isso, a doutrina da reencarnação seria bíblica. Isso é verdade? Há outros argumentos mencionados por ele e

Apologética Cristã 1 Comentário

Como ter certeza da sua salvação

Quem está salvo? Como ter certeza da sua salvação. Eduardo Leite, 24, sobreviveu após ter a cabeça atravessada por uma vergalhão da grossura de um dedo polegar. O comprimento do

Apologética Cristã 10 Comentários

A Bíblia e o fim das esquerdas

O estadista e profeta Daniel previu a luta entre esquerda e direita no tempo do fim. A atual sucessão de governos na América do Sul revela o esgotamento das políticas

Sem categoria 0 Comentários

7 Fatos sobre o Sétimo Dia

Parte da estratégia de Satanás para destruir a confiança da humanidade em Deus foi um ataque à sua reivindicação como Criador do Sétimo Dia. Obviamente, a teoria da evolução é

Crônicas para a Alma 0 Comentários

O padre que guardou o sábado

Andrew Fisher, um ex-padre católico, pensou cuidadosamente sobre sua decisão de guardar o sábado. Ele argumentava que o mandamento do sábado não era parte da lei cerimonial, pois fora instituído