A Bíblia confirma a existência de duas ressurreições?

A Bíblia confirma a existência de duas ressurreições?

A Bíblia realmente afirma a existência de duas ressurreições. João 5:28 a 29 diz:  “Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão:  os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo”.  Agora, Apocalipse 20:5 e 6: “Os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos. Esta é a primeira ressurreição.  Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre esses a segunda morte não tem autoridade; pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele os mil anos”.

A Bíblia ensina que haverá uma ressurreição por ocasião da volta de Cristo, que será somente a ressurreição dos justos (I Tessalonicenses 4:16); e outra ressurreição que será após o período de mil anos, a dos ímpios (Apocalipse 20:5).

Essa segunda ressurreição (dos ímpios) não será com o intuito de dar-lhes outra chance de salvação, pois a Bíblia diz que nossa chance é apenas nesta vida (II Coríntios 6:1-2; Hebreus 3:7-8; Hebreus 9:27) e que a segunda morte não tem autoridade apenas sobre aqueles que participaram da 1a ressurreição (Apocalipse 20:6).

A segunda ressurreição será para destruir definitivamente os ímpios: “Quando, porém, se completarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão  e sairá a seduzir as nações que há nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a peleja. O número dessas é como a areia do mar.  Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu”. (Apocalipse 20:7-9).

Quando se completarem os mil anos, satanás sairá enganar as nações com a intenção de reuni-los para tomar a cidade santa de Deus, que descerá do céu neste período (Deus fará sua morada aqui, na terra renovada). Estas nações serão enganadas por ele por que terão sido ressuscitadas. Juntamente com satanás, esta hoste de ímpios tentará tomar a cidade santa e, no momento em que se aproximarem para faze-lo, sairá fogo da cidade e consumirá os ímpios e satanás. (Satanás demorará mais para ser consumido no lago de fogo após o milênio por sua maldade ser imensa e merecer maior castigo).

O motivo para a ressurreição dos ímpios não é lhes dar outra chance, mas sim destruí-los. Deus terá de fazer isto com lágrimas nos olhos, mas irá fazer porque foi assim que eles quiseram; não aceitaram aos apelos do Espírito Santo durante sua vida.

No fim dos tempos, haverá duas classes de pessoas: os preparados (Isaías 25:9) e os despreparados (Apocalipse 6:14-17). A grande questão que precisamos responder hoje é: a qual delas pertenceremos?

Aceite a Jesus. Ele quer dar-lhe a vida eterna e lhe proporcionará a oportunidade de encontrar na primeira ressurreição seus queridos que um dia a morte levou.

Anterior A relevância da “semana santa”
Próximo Josué 1:1 e 2 nega a ressurreição de Moisés?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 760 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

FAQ - Dúvidas Frequentes 0 Comentários

A visão contaminada do Centro Apologético Cristão de Pesquisas (CA”C”P)

O artigo A visão contaminada do Centro Apologético Cristão de Pesquisas (CA”C”P) foi publicado em 06/06/2013. Perceba que as táticas para deturpar e confundir pouco mudaram de lá para cá…

Apologética Cristã 3 Comentários

O que é a primeira ressurreição? O que é a segunda ressurreição?

Daniel 12:2 resume os dois destinos muito diferentes que a humanidade enfrenta: “Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha

FAQ - Dúvidas Frequentes 19 Comentários

Quem são os “gigantes” de Gênesis 6?

O registro fóssil demonstra que no princípio do mundo, as criaturas eram extremamente grandes, evidenciando duas coisas: que a criação era perfeita e que a teoria da macroevolução é falsa,

1 Comentário

Deixe seu Comentário