A mulher não pode falar em público? 1 Tim. 2:8-15; 1 Cor. 14:34

A mulher não pode falar em público? 1 Tim. 2:8-15; 1 Cor. 14:34

A Bíblia não considera a mulher inferior ao homem, pois, ambos foram criados à imagem de Deus (Gênesis 1:26 e 27). Eva inclusive foi tirada de uma costela de Adão, DO SEU LADO, o que indica que ela era IGUAL a ele em importância. Deus não a fez do “osso do pé” de Adão, para não ser inferior e nem do “osso da cabeça”, para não ser superior. A palavra de Deus exalta a mulher. Apenas difere a mulher do homem em sua função depois da entrada do pecado. O homem agora é o cabeça do lar e ela, o coração do lar. Deus achou melhor que o homem fosse o chefe da família no contexto de pecado em que vivemos.

Os textos de Paulo referentes à participação da mulher no culto público (1 Timóteo 2:8-15; 1 Coríntios 14:34) devem ser entendidos à luz do contexto histórico e cultural dos dias dele.

Se 1 Timóteo 2:8-15 fosse interpretado sem levar em conta o porquê de Paulo ter dato tal orientação, até Ellen White, a profetisa chamada por Deus, estaria errada em pregar. Ela era uma grande pregadora e muitas pessoas se converteram com seus sermões. E mais: se devemos entender tal declaração de Paulo como sendo um princípio (ao invés de uma norma cultural) para todas as culturas, de todas as épocas, então as mulheres nos dias de hoje devem usar o véu e o cabelo comprido (1 Coríntios 11:2-16). E, não poderíamos nem mesmo apreciar as lindas vozes de nossas cantoras nos dias de culto, já que elas não podem se expressar diante do público.
Paulo falou para culturas em que era “vergonhoso” (conferir 1 Coríntios 14:35) as mulheres falarem em público (em Corinto, era indecente aparecer sem o véu ou com o cabelo cortado). O Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia afirma sobre 1 Coríntios 14:35: “… os costumes dos gregos e dos judeus ordenavam que as mulheres se retirassem quando se discutiam os assuntos públicos. A violação desse costume seria considerada como uma desonra e teria sido uma vergonha para a igreja”.
Que isso era apenas uma questão cultural podemos ver no fato de que a Bíblia mencionar mulheres chamadas por Deus para serem profetisas e até mesmo ocupar cargos de liderança: Débora (juíza e profetisa – Juízes 4: 4 e 5), e as 4 filhas de Felipe (profetisas – Atos 21:9), por exemplo. O próprio Paulo contava com a cooperação das mulheres na pregação do evangelho (Filipenses 4:2, 3; Romanos 16:3, 6, 12, 15).
Hoje, em nossa cultura, não é vergonhoso uma mulher falar publicamente. Pelo contrário: a mulher está cada vez mais ocupando o seu espaço, inclusive no comando de grandes empresas. Claro que não devemos aceitar que a mulher perca o seu papel destinado por Deus. Ela é insubstituível em sua função de professora dos filhos, no preparo deles para a vida eterna.
Assim, não há nada na Bíblia que proíba e mulher, em nossa cultura, de ensinar e pregar.
Um abraço a todos os amigos do blog,
Leandro Quadros.

Anterior Dom de cura: como saber se é verdadeiro ou falso?
Próximo Segundo Apocalipse 19:10, o Testemunho de Jesus é o Espírito de Profecia?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 718 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Ética Cristã 6 Comentários

Processo de doação de sangue é simples e salva vidas

Doar sangue é uma maneira de ser solidário. Pensando nisso, o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, dentro da filosofia do projeto Vida por Vidas, promove duas vezes ao ano uma oportunidade para que os alunos exerçam solidariedade.

Sem categoria 0 Comentários

A Diferença Entre “Leis” e “A Lei”

Entendo que “lei” no Velho Testamento designa a vontade revelada de Deus em geral. Como podemos distinguir entre os Dez Mandamentos e as outras legislações do Velho Testamento?    

Sem categoria 51 Comentários

O “oitavo rei”: a interpretação de Apocalipse 17 que não acerta uma

Por Nelson Wasiuk, apresentador do programa “En La Mira da La Verdad”. Tradução: Filipe Reis   Desde que João Paulo II morreu em 2005, uma interpretação diferente de Apocalipse 17: 9-11

9 Comentários

  1. Pastor Romário
    dezembro 31, 20:45 Resposta

    Eu nunca vi tantas distorções da Palavra de Deus.

    Não era costume de época coisa nenhuma, pare de distorcer as Escrituras.
    === Veja o que o apóstolo Paulo fala ===
    “34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. 35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. 36 Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? 37 Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.” ( I Coríntios 14: 34-37 ).
    NO VERSO 37 ELE DIZ: SÃO MANDAMENTOS DO SENHOR, não costume coisa nenhuma.

    Vamos para prática! Me mostre um só versículo uma mulher pregando ou ensinando num culto público, dentro de um templo, sinagoga ou santuário, no Velho ou no Novo testamento.
    sabe quando você irá achar? É NUNCA.

    Outra coisa: Me mostra na Bíblia uma só mulher:
    Dando a Santa Ceia;
    Batizando alguém nas águas;
    Ungindo homens com óleo da unção;
    Dirigindo uma igreja, etc.

    Para finalizar: em I Coríntios 11:5 fala da mulher: ora e profetiza . Vai a pergunta:
    QUEM ORA ESTÁ PREGANDO OU ENSINANDO?
    QUEM PROFETIZA DE VERDADE, A PESSOA FALA DE SI MESMA OU É DEUS QUE FALA ATRAVÉS DA PESSOAS????????
    Tem razão, vocês tem que distorcer as Escrituras para dar apoio a um erro que a própria líder de vocês cometeu sendo mestra para ensinar homens (proibido pela Bíblia Sagrada) I Timóteo 2:11-12.

    Me mostre um só versículo na prática e sem arrodeio uma mulher pregando ou ensinando no Velho ou no Novo Testamento, dentro de um templo, sinagoga ou santuário, num culto público.
    NÃO VAI ACHAR É NUNCA.

    Pare de distorcer as Escrituras Sagrada, é por causa de um ensino desse distorcendo as Escrituras Sagradas que está essa confusão nas igrejas de hoje.

  2. Maciéliton
    setembro 26, 02:55 Resposta

    Como discípula toda mulher tem da parte de Deus uma autoridade para levar adiante o evangelho, mas nas assembleias onde têm também os homens , para eles está reservado esse papel de ensinar,.Para todos os casos há distinções do que é para homem e do que é para mulher, na sociedade ou melhor dizendo no mundo não respeitam quase isso, mas na obra de Deus é com decência e ordem que tudo é regido, por isso” As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.1 Coríntios 14:34,35 ” A voz da mulher não pode sobrepor a do marido lhe abafando a autoridade, não se trata de uma lei que ficou perdida bem lá pra aqueles tempos, mas de um principio que decorre desde o Gênesis 2:18 de que a mulher é ajudadora e o marido com funções de líder recebe a ajuda dela, então se desde os tempos apostólicos houve essa decisão que o ensino na congregação ficaria por parte do homem (via de regra) , essa palavra de Deus entregue a igreja da graça não se modificou com o passar tempo, apenas alguns querem ver isso mudado. Oro para que o Espírito Santo vos ilumine.

  3. Meus Deus, como e triste ver as pessoas acreditar na sua própria razão e esquecer os mandamentos. Tomem cuidado com líderes religiosos que falam o que as pessoas querem escutar e omitem a verdade.
    O senhor seja louvado .
    Deus abençoe a todos.

  4. Eliene
    junho 24, 20:38 Resposta

    Muito se fala sobre a mulher pregar em público . Alguns acham que seja rebeldia da mulher falar em público. Aí fico pensando em algumas questões: Muitas mulheres levam o sustento pra casa além de cumprir com os afazeres domésticos. Então analisando biblicamente os maridos estão errados pois quem deve sustentar casa é função dos homens . Em segundo lugar como ficaria o ide de Jesus ? Terceiro na evangelização mundial onde o maior objetivo é salvar almas do inferno qual é a importância de ser uma mulher que está levando a palavra ? Levando em consideração que o espírito santo de Deus que nos usa ? Acho que enquanto a igreja ficar discutindo quem pode preparou não perdemos a noção de o que realmente importa salvar vidas . Muitas das coisas que tem na Bíblia foram para o contexto da época . E penso que a partir de mim quando prego não penso ser melhor do que ninguém mas simplesmente estou entregando a palavra que Deus colocou na meu coração .

  5. Izac
    junho 21, 14:31 Resposta

    Não convenceu. Resposta vaga e sem comprovação biblica

  6. Éder
    novembro 10, 01:16 Resposta

    Eu penso como você, Leandro, mas determinadas igrejas argumentam que, no princípio, Eva foi a culpada e não Adão, e a mulher era inferiorizada por isso, já que não falava no púlpito, mas tinha a sua importância de pregação – fora do púlpito – como as mulheres Testemunhas de Jeová, por exemplo. Mas, na minha opinião, existem mulheres mais preparadas do que muitos líderes religiosos e machistas.

Deixe seu Comentário