Arrependimento de Deus: Uma Mudança Amorosa

Arrependimento de Deus: Uma Mudança Amorosa

Introdução

Frequentemente sou perguntando sobre o significado do arrependimento de Deus em Gênesis 6:6. À primeira vista cristãos e ateus sinceros, quando se deparam com o texto, pensam que Deus se arrependeu, de modo que o verso e Gênesis contradiz a ideia apresentada em Números 23:19 (por exemplo). Simultaneamente, compare ambos os textos a seguir:

Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração; então, se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração (Gn 6:5-6 – Almeida, Revista e Atualizada).

Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá? (Nm 23:29).

Por outro lado, quando consideramos que o termo “arrependimento” nos idiomas originais bíblicos não tem o mesmo significado para Deus e para os seres humanos, o assunto se resolve. Logo concluímos que na verdade, não há contradição alguma entre os textos supracitados.

 

O Significado de arrependimento na Bíblia

A princípio, o termo hebraico em Gênesis 6:6 para “arrependimento” (naham) “também é traduzido como ‘mudou de ideia’, uma referência à mudança de atitude e ações”[1]. Definitivamente, isso não se refere à uma mudança no caráter de Deus, que é imutável (Ml 3:6; Hb 13:8; Tg 1:17).

Em suma: Deus se arrepende apenas no sentido de mudar de atitude (Êx 32:12,14; 1Sm 15:11; 2Sm 24:16; Jr 18:9-10; Am 7:3,6), enquanto o ser humano se arrepende no sentido de “converter-se”. Este muda tanto de atitude quanto de caráter pela influência sobrenatural do Espírito Santo (Jo 3:1-8; 16:8-11; At 2:38; 3:19; 2Co 5:17, etc.).

Percebe o quanto o arrependimento de Deus e do ser humano são diferentes? De antemão peço que me permita detalhar um pouco mais, mesmo que a princípio pareça que fui redundante.

O arrependimento humano, tanto no hebraico quanto no grego, se refere à uma mudança radical na natureza, nos conceitos, na conduta. É seguir o oposto de um caminho que se seguia antes. É o arrependimento de seres humanos pecadores.

Já o arrependimento de Deus, tanto no hebraico quanto no grego, pode se referir a uma mudança de ação, sem qualquer mudança na natureza divina, nos princípios ou em Seus conceitos.

Afinal, mesmo que mude de ideia no trato para com o pecador quando este se converte de seus maus caminhos, como ocorreu em Jonas 3 e 4, Deus continua o mesmo: odeia o mal e o pecado. Ele muda de ideia, a forma de tratar o pecador, mas sua natureza santa e conceitos continuam os mesmos. Esse é o tipo de arrependimento de um Deus perfeito e que não peca.

O arrependimento de Deus em Gênesis 6:6

Ao mesmo tempo, o “arrependimento” divino pode também se referir a uma “profunda tristeza” ou “pesar”. Logo, este é o caso de Gênesis 6:6.

Veja como o texto foi traduzido na versão King James Atualizada:

Contudo, o Senhor observou que a perversidade do ser humano havia crescido muito na terra e que toda a motivação das ideias que provinham das suas entranhas era sempre e somente inclinada à prática do mal. Então o Senhor entristeceu-se muito por haver criado os seres humanos sobre a terra, e esse sentimento feriu profundamente seu coração (Gn 6:5-6 – Grifos acrescidos).

Definitivamente, essa tradução para a palavra “arrependimento” é mais exata se considerarmos o contexto, que diz que esse “arrependimento” (“tristeza”, segundo a King James) resultou em um ferimento profundo do coração de Deus. Dessa forma, ao invés de “arrependimento”, “entristecer-se muito” combina mais com “e esse sentimento feriu profundamente seu coração” no restante do verso.

O Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia pondera acertadamente:

… o “arrependimento” de Deus não pressupõe falta de presciência ou qualquer variação de natureza e propósito. Neste sentido Deus nunca se arrepende (1Sm 15:29) … O arrependimento e Deus é uma expressão que se refere à dor do amor divino ocasionada pela pecaminosidade do ser humano. Ressalta que Deus, em harmonia com Sua imutabilidade, assume uma mudança de posição em resposta a uma mudança ocorrida na criação.[2]

Conclusão

Enfim, Deus ficou extremamente feliz com a criação do planeta e do ser humano: “Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia” (Gn 1:31). Ele “se agradou com o que criou, mas não teve prazer algum com o que o pecado fez em sua perfeita criação”[3]. Por outro lado ele “se arrependeu”, ou seja, “se entristeceu profundamente” por Sua criação ter se corrompido, e por Ele ter de destruí-la no dilúvio (Gn 7-9).

Graças ao Seu amor por nós, um dia Jesus voltará em glória e majestade (Mt 24:30-31; Hb 9:27-28; Ap 1:7) para restaurar a criação à sua condição edênica (Is 11:6-9; 65:17; Rm 8:19-23). Simultaneamente, Ele nos dará “novos céus e nova terra, os quais habita justiça” (2Pe 3:13).

Definitivamente todas as lágrimas serão secadas de nossos olhos (Ap 21:4), bem como dos “olhos” de Deus.

Notas e Referências

[1] Bíblia de Estudo de Genebra, 2ª ed. (Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil; São Paulo: Cultura Cristã, 2009), p. 21. Ver nota de Gênesis 6:6.

[2] Francis D. Nichol (editor da versão em inglês) e Vanderlei Dorneles (editor da versão em português), Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1 (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2011), p. 239. Série Logos (Grifos acrescidos).

[3] Norman Geisler e Thomas Howe, Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia (São Paulo: Mundo Cristão, 1999), p. 46.

Gostou? Compartilhe com quem precisa deste conhecimento:
error12
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20
Anterior A filha que criou o dia dos pais
Próximo O que a Bíblia diz sobre a hipocrisia?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 778 posts

YouTuber e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "En La Mira de La Verdad", na Rede Novo Tempo.

Veja todos os posts do autor →

Veja também

FAQ - Dúvidas Frequentes 0 Comentários

Homem tem verme retirado da cabeça após médico dizer que ele teria 30 min de vida

Um homem que vive na Califórnia, nos Estados Unidos, foi surpreendido com um prognóstico pouco animador quando procurou os médicos de um hospital em Napa por causa de uma dor

FAQ - Dúvidas Frequentes 3 Comentários

A confiabilidade dos evangelhos e do Novo Testamento

Se não tivéssemos testemunhos extrabíblicos sobre a pessoa de Jesus, o Novo Testamento seria mais do que suficiente por causa de sua confiabilidade. O Novo Testamento é uma coleção de

FAQ - Dúvidas Frequentes 0 Comentários

O significado de “primícias”

Um breve estudo contextual da palavra “primícias” na Bíblia. Assista também: “E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para

2 Comentários

  1. Conceição costa
    agosto 29, 11:40 Resposta

    Paz pastor:.gosto muito de suas explicação bíblica,pastor,como entender ,Hb.6 ,6e7? Manaus

  2. Boa tarde, Leandro Quadros, faço um estudo bíblico virtual com a rádio novo tempo, fiquei com dúvida sobre um versículo no capítulo do livro de Isaías 66;24,
    O que significa nem o seu fogo se apagará,e serão um horror para toda a carne?
    Agradeço desde de já, obrigado, tenha uma boa semana.

Deixe seu Comentário