É melhor ser divididos pela verdade

É melhor ser divididos pela verdade

Uma das grandes falas de Martinho Lutero era: “é melhor ser dividido pela verdade, do que ser unido pelo erro!”

Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero sobe os degraus da igreja do castelo de Wittenberg, Alemanha, e prega na porta de madeira maciça, as 95 teses que logo desencadeiam a Reforma Protestante.

O repentino vislumbre de Martinho Lutero na famosa escadaria, de que o justo viverá pela fé, foi um importante marco na Reforma Protestante. Mas as 95 teses que ele afixou sobre a porta da igreja em Wittenberg não eram basicamente uma discussão adicional do tema da justificação pela fé. Antes, tratavam principalmente de reformas necessárias no sistema religioso da época, com insistência sobre liberdade de consciência, condenação à venda de indulgências, e graves denúncias contra abusos papais.

Em 1990, quase cinco séculos depois, Morris Venden prega, em forma impressa, suas 95 Teses Sobre Justificação Pela Fé. Este livro é o resultado de muitos anos de pesquisa e meditação sobre este tema tão importante.

As 95 teses neste volume estão centradas sobre as verdades da justificação pela fé em Jesus Cristo somente. São uma mensagem de aplicação ilimitada, mantendo-se num crescendo até prevalecer um único interesse; um assunto que supera todos os demais – Cristo, justiça nossa. Vivemos nesse tempo. A mensagem dos três anjos tem sido proclamada e continuará ressoando até que alcance proporções de alto clamor.

O propósito deste livro é estimular a reflexão e o estudo do grande tema da justiça de Cristo.

Clique aqui e adquira o livro 95 Teses Sobre Justificação Pela Fé

Gostou? Compartilhe com quem precisa deste conhecimento:
error17
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20
Anterior O que a Bíblia diz sobre governo?
Próximo Pureza sexual

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 786 posts

YouTuber e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "En La Mira de La Verdad", na Rede Novo Tempo.

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 3 Comentários

A Última Geração de Crentes Continuará sendo Pecadora – não “pecadeira”

Eu não peco mais! Há uns 10 anos ou mais, ao final de uma seção de perguntas e respostas numa igreja em Belo Horizonte, MG, um cristão me abordou dizendo

Bons Debates 9 Comentários

Trump, Jerusalém e o cumprimento profético

“Trump reconheceu Jerusalém como a capital de Israel e colocou o mundo em alerta”. Este é o título de uma coluna publicada no dia 7 de dezembro no portal digital

Bons Debates 29 Comentários

Crime e pena de morte: vítimas de assassinato não são lixo

Como é de se esperar quando assuntos polêmicos são abordados, as manifestações aos meus vídeos e posts sobre a aplicabilidade da pena de morte são das mais variadas. Um leitor

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!

Deixe seu Comentário