Mal entendido sobre a submissão da mulher ao marido

Mal entendido sobre a submissão da mulher ao marido

“Meu marido toma algumas decisões e não leva em consideração meus sentimentos e opiniões. Vive citando os textos bíblicos em que a mulher deve ser submissa ao homem. Devo ser submissa até que ponto?”

“Meu marido toma algumas decisões e não leva em consideração meus sentimentos e opiniões. Vive citando os textos bíblicos em que a mulher deve ser submissa ao homem. Devo ser submissa até que ponto?”

O seu esposo está com uma compreensão equivocada do que significa a submissão da mulher ao marido. E, se ele não mudar os conceitos dele, o casamento de vocês pode sofrer algum tipo de prejuízo.

Seu marido não deve se apegar apenas os versos 22 e 23 de Efésios 5 para apoiar a ideia antibíblica de que a mulher, por ser submissa, “não precisa tomar parte nas decisões do lar”. Ele deve ler todo o contexto dos versos e lembrar que a Bíblia diz que marido e mulher são “uma só carne” (Gênesis 2:24; Mateus 19:5). Isto envolve uma união íntima sexual e também em outros aspectos da vida conjugal (inclusive tomar decisões juntos. Isto é uma demonstração de amor, interesse e respeito!).

Quando levamos também em conta os versos 25-33 de Efésios 5, vemos que a submissão a que a Bíblia se refere é aquela baseada no amor. Isto porque os textos seguintes dizem que esta submissão da esposa deve ser motivada pelo amor do marido. E essa submissão é do mesmo tipo de submissão que a igreja tem para com Cristo. A submissão é um respeito pelo marido, um reconhecimento de que ele é o cabeça do lar. Ao mesmo tempo, o esposo deve reconhecer que a esposa é o coração do lar.

Pergunto: Cristo é um carrasco para a igreja? Ele não a deixa tomar as decisões com Ele? De modo algum! Jesus ama a igreja como a Si mesmo! Do mesmo modo, seu esposo deve amar você. Da mesma maneira que Cristo cuida de Sua igreja o marido deve cuidar da esposa!

O matrimônio simboliza a união entre Cristo e a igreja. É algo sagrado! Peça ao seu marido para ler esses textos, refletir neles e pedir a Deus ajuda para que possa tratá-la do mesmo modo que Cristo trata a Sua esposa, a igreja.

Juntos, vocês podem vencer na vida conjugal. “Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama” (Efésios 5:28). “Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido” (Efésios 5:33).

Fonte: Biblia.com.br

Anterior O que a Bíblia diz sobre comunicação com mortos?
Próximo 10 Perguntas Específicas Sobre a Criação do Homem e Sua Natureza

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 711 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

FAQ - Dúvidas Frequentes 2 Comentários

Os Santos do mês de Junho: Antonio, João Batista e Pedro

Os santos intercedem mesmo por nós? Algumas pessoas perguntam se a intercessão dos santos é uma realidade. A Igreja Católica Apostólica Romana sempre acreditou que as pessoas, que morreram, tendo

Textos Difíceis 2 Comentários

Arrependimento de Deus: Uma Mudança Amorosa

Introdução Frequentemente sou perguntando sobre o significado do arrependimento de Deus em Gênesis 6:6. À primeira vista cristãos e ateus sinceros, quando se deparam com o texto, pensam que Deus

Finanças do Cristão 0 Comentários

7 dicas para abrir uma empresa com pouco dinheiro

Quem vai abrir uma empresa usando apenas recursos próprios, sem contar com empréstimos ou investidores, precisa saber muito bem o que fazer com esse dinheiro. Nesse cenário, qualquer erro pode

1 Comentário

  1. Patrick
    outubro 31, 21:23 Resposta

    O exemplo que o professor usou, de a igreja tomar decisões com Cristo, não significa que seus membros podem fazer o que bem entender. Se assim fosse, Jesus iria permitir que não obedecessem os Seus mandamentos, já que Ele “levaria em consideração seus sentimentos e opiniões”. Nesse caso, os membros alegariam que não conseguiriam obedecer a Lei, por ela ser muito rígida ou não estar de acordo com a vontade deles.

    Em Êxodo 32:7-14, Deus não exterminou o povo de Israel (mesmo estando decidido a fazer o contrário), ouvindo a opinião de Moisés, porque Ele o amava. Por isso, pode-se dizer que a mulher deve obedecer (ser submissa) ao marido, mas ele, por amá-la, também deve ouvir as suas opiniões e, juntos, chegar a um consenso.

Deixe seu Comentário