Morcego é ave?

Morcego é ave?

Em Levítico 11:13 a 19 há certas restrições dietéticas recomendadas por Deus ao Seu povo. Dentre as “aves” imundas, consta o morcego. Morcego, pela classificação biológica atual, é considerado um mamífero. Como explicar a sua inclusão no grupo das aves por Moisés? – F.

Prezado F., na verdade, você mesmo já indicou a resposta: é a biologia moderna que classifica morcego como mamífero, o que não deixa de ser correto, tomando como referencial suas características similares às dos animais dessa Classe. Mas também são perceptíveis suas semelhanças com as aves, se assumirmos a capacidade de voar como principal peculiaridade desses animais.

Do ponto de vista bíblico (em sua linguagem pré-científica), “aves” são todos os animais que voam. O mesmo ocorre com relação aos animais aquáticos, classificados por Moisés como simplesmente “peixes”. Levítico indica como próprios para consumo humano (não-imundos) os peixes que têm escamas e barbatanas, não se enquadrando nessa descrição, por exemplo, o camarão e o polvo, apesar de modernamente não serem considerados peixes.

A palavra “réptil”, para mencionar apenas mais um exemplo, também é usada de forma bem genérica na Bíblia. Portanto, e concluindo, as nomenclaturas e classificações da ciência moderna não devem ser necessariamente aplicadas a um texto cuja distância no tempo chega a vários séculos. Os princípios científicos comprovados pela experimentação, no entanto, têm sempre se demonstrado em conformidade com as Sagradas Escrituras.

 

Fonte: www.perguntas.criacionismo.com.br/2006/01/morcego-ave.html

Anterior 10 erros financeiros que podem acabar com o casamento
Próximo O perigo das riquezas

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 750 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 2 Comentários

Dicionário Brasileiro de Teologia demonstra que a “alma” é mortal

Introdução Cada vez mais teólogos protestantes (e também católicos) têm reconhecido que o conceito bíblico de “alma” difere radicalmente daquele apresentado pela filosofia grega e popular. Oscar Cullmann apontou em

Bons Debates 0 Comentários

Há alguma semelhança entre nós e o templo como habitação de Deus?

Não é o templo que é comparado a nós, mas nós que somos comparados ao templo. Isso se dá porque somos habitação do Espírito Santo, se o permitirmos. Embora todas

Ética Cristã 84 Comentários

A respeito do que penso sobre o deputado Jair Bolsonaro

Farei minhas considerações a respeito dos comentários de um amigo, gente boníssima e que respeitosamente discordou em sua página no Face a respeito do que afirmei sobre a pena de

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comente este artigo!