O cristão e o cuidado com os animais

O cristão e o cuidado com os animais

Você sabia que a Bíblia afirma que na Nova Terra existirão animais, não é? “O lobo viverá com o cordeiro, o leopardo se deitará com o bode, o bezerro, o leão e o novilho gordo pastarão juntos; e uma criança os guiará. A vaca se alimentará com o urso, seus filhotes se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. (Isaías 11:6,7). E não é de se espantar, já que Deus deixa claro seu amor pelas diferentes espécies em toda a história. Lá no Éden, no princípio de tudo, Adão e Eva foram incumbidos de cuidar dos animais e até de dar nomes a eles. No dilúvio, “Deus lembrou-se de Noé e de todos os animais selvagens e rebanhos domésticos que estavam com ele na arca, e enviou então um vento sobre a terra, e as águas começaram a baixar” (Gênesis 8:1). Sim, Ele pensou no bem-estar de todos. Quando finalmente saíram da arca, Deus abençoou a raça humana e também os animais, ordenando: “sejam férteis e se multipliquem” (Gênesis 8:17).

A Bíblia é cheia de conselhos de amor e respeito aos animais. Vamos ver alguns? “Se você vir o jumento de alguém que o odeia caído sob o peso de sua carga, não o abandone, procure ajudá-lo” (Êxodo 23:5). Até a guarda do sábado deve servir de descanso para os animais. “Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais” (Êxodo 20:10). Os animais não vivem ansiosos, pois Deus garante seu sustento. “Observem os corvos: não semeiam nem colhem, não têm armazéns nem celeiros; contudo, Deus os alimenta” (Lucas 12:24) e “os leõezinhos rugem pela presa e buscam de Deus o sustento” (Salmo 104:21).

A Bíblia é clara quanto ao dever do justo de respeitar todas as criaturas. “O justo atenta para a vida dos seus animais, mas o coração dos perversos é cruel” (Provérbios 12:10). O assunto é tão sério que Deus faz um alerta de castigo aos que não cumprirem o dever de cuidar da natureza: “Chegou o tempo de (…) destruir os que destroem a terra” (Apocalipse 11:18).

A escritora cristã Ellen White enfatiza que “o homem deve procurar aliviar o peso do sofrimento que sua transgressão acarretou sobre as criaturas de Deus, em vez de aumentá-lo. Aquele que maltrata os animais porque os tem em seu poder, é tão covarde quanto tirano. A disposição para causar dor, quer seja ao nosso semelhante quer aos seres irracionais, é satânica. Um relatório sobe ao Céu, e aproxima-se o dia em que se pronunciará juízo contra os que maltratam as criaturas de Deus” (Patriarcas e Profetas, pág. 443).

Muitas pessoas pensam que o fato de alguém amar e fazer o bem aos animais o isenta de ser um auxílio aos seres humanos, mas isto não é verdade. O lema do justo é: Que o mais forte ajude o mais fraco (seja gente ou seja bicho). O amor não seleciona a quem amparar. Inclinar os olhos às pequenas criaturas revela um coração disposto à amar sem restrições toda obra do Criador. [Equipe ASN, Emanuelle Sales]

Anterior O tempo não consegue apagar a verdade
Próximo Resposta de Ellen White para os fofoqueiros e criticões

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 713 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Sem categoria 0 Comentários

Não negocie o inegociável

Não é segredo para ninguém que o Brasil tem sido varrido por um tsunami de corrupção. Pessoas nos mais variados escalões do governo e de empresas associadas têm sangrado os

Aconselhamento Espiritual 1Comentários

Como Jesus Tratou os Pobres

Um de meus amigos e seu filho estavam dirigindo ao longo de uma quente rodovia na Califórnia, vários anos atrás, e passaram por uma sorveteria. Meu amigo decidiu que seu

Sem categoria 0 Comentários

Exposição à nudez afeta o desenvolvimento emocional das crianças

Uma jovem que tem contato com um homem nu dentro de um museu e é estimulada a tocá-lo não tem discernimento para entender que não pode fazer o mesmo em outros contextos. É o que dizem especialistas em crianças

6 Comentários

  1. Marcos
    agosto 29, 09:08 Resposta

    Caro Leandro Quadros, e o que dizer dos que se professam cristãos, e mesmo adventistas, que são caçadores esportivos, matam animais silvestres ameaçados de extinção e andam à margem da le?

  2. Jose Antonio da silva
    agosto 27, 16:54 Resposta

    Que Jesus nosso senhor continue te abençoando com sabedoria pastor para que pessoas como o senhor possa estar esclarecendo todas estas mensagens bíblicas maravilhosas para as demais pessoas .Amém?

  3. Lina Santiago
    abril 26, 15:47 Resposta

    Parabéns pela iniciativa de falar sobre os animais! Isso o torna completo, pois poucos, mesmo entre os professos filhos de Deus, tem consideração pelas mudas criaturas do Senhor, achando que sua maldade não vai atestar contra eles no tribunal divino!

  4. Serra Santos
    fevereiro 25, 12:56 Resposta

    Meu caro, a sua consciência está tão cauterizara que nem devia perder o meu tempo com “cães mudos que não ladram” mas, mesmo assim quero deixar aqui bem claro, não para si e sim para alguns incautos leitores que estão bebendo do vinho da grande prostituta, a grande Babilónia ou seja a Igreja Católica, que o caro Leandrinho lhes está dando a beber. A Sra. Ellen White, não é uma escritora mundana (como quer fazer parecer) e sim a Profeta dO Senhor nosso Deus e Salvador Jesus Cristo, para os últimos dias. ARREPENDA-SE, PÁRE de envenenar espiritualmente as pessoas…

    • Lina Santiago
      abril 26, 15:33 Resposta

      Senhor Serra Santos, pelo que me parece, quem está com a consciência cauterizada é o senhor, que além de não ter sabedoria, ainda é mau, pois não tem consideração pelas criaturas do Senhor!! Com certeza, seu caráter é duvidoso e não deve ser um bom homem! Um dia, o senhor vai prestar contas de suas palavras vãs!

  5. Katia Cristina Santos
    dezembro 09, 07:33 Resposta

    Sábias palavras… +amor e atitude de quem ama, seja por gente ou por animal, é de que o mundo precisa!!!

Deixe seu Comentário