O Livro de Enoque – Mitos e fatos

O Livro de Enoque – Mitos e fatos

Olá amigos! Quero juntar todos os vídeos sobre o livro de Enoque no meu canal para que você tenha uma visão mais completa do assunto. As pessoas às vezes assistem somente a um e ficam com dúvidas que são respondidas em outros vídeos. Antes, porém, vou esclarecer alguns pontos:

Fatos:

  1. Enoque foi um profeta inspirado por Deus.
  2. Enoque foi uma pessoa justa; tão justo que foi levado ao céu.
  3. Na Bíblia há várias citações diretas ou indiretas ao “livro de Enoque” (vou gravar mais sobre isso)
  4. É POSSÍVEL que Jesus tenha lido seu livro (vou gravar sobre isso também)
  5. Enoque reflete teologia espúria misturada com misticismo judaico do período inter-testamentário e contradiz algumas coisas que a Bíblia diz, sobre os anjos por exemplo, que teria a possibilidade de se alastrar.

Mitos:

  1. Enoque foi o autor do livro que conhecemos hoje. Fato: não há nenhuma evidência arqueológica disso.
  2. Por ter sido citado é inspirado. Fato: a Bíblia tem muitas outras citações de livros não inspirados. Por exemplo, Paulo usa autores gregos não inspirados.
  3. Existia escrita antes do dilúvio. Fato: a tradição oral seguiu vigente até o Século I d.C. Se tivesse algum escrito, poderia ter sido destruído no dilúvio. Não há evidência alguma de Noé ter salvo algum escrito.
  4. Deus poderia ter inspirado outro profeta para escrever. Fato: Poderia, mas não o fez.
  5. A tradição oral é tão importante quanto o AT. Fato: a tradição oral é sim importante mas está cheia de lendas e legalismo (Jesus combateu o legalismo quando esteve na terra). Foi o E.S., por meio da inspiração, que separou o bom do místico na tradição oral. Igual ocorreu com Lucas quando escreveu seu evangelho.
  6. A Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR) mudou o cânon do AT. Fato: o cânon do AT foi fechado antes de Cristo, e logicamente, antes da ICAR.

Anterior É possível ser cristão e maçom ao mesmo tempo?
Próximo Dom de cura: como saber se é verdadeiro ou falso?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 702 posts

Escritor e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "Lições da Bíblia"

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Apologética Cristã 0 Comentários

Americano se torna 1º homem a cruzar a Antártida a pé, sozinho e sem ajuda

Vendo as imagens que o americano Colin O’Brady colocou no seu Instagram, vejo um problema para os terraplanistas… Ou a imagem é real e a terra seria plana, mas sem

Apologética Cristã 1Comentários

O pensamento hebraico comparado ao grego

Adotar uma perspectiva hebraica das Escrituras ajuda a entender o pensamento dos autores bíblicos? Na Antiguidade, dentre as várias cosmovisões existentes, duas, em especial, se destacavam. Grécia e Israel tinham

Apologética Cristã 51 Comentários

Realmente, a Igreja Adventista do Sétimo Dia é uma Seita…

Gostei muito da criatividade do irmão João Miranda da cidade de Queimadas, PB, na defesa do adventismo contra a acusação de que fazemos parte de uma “seita”. Com bom humor

6 Comentários

  1. Walter Vaccaro
    agosto 27, 16:06 Resposta

    Eu penso um pouco diferente.
    Êxodo 17.14
    14 Então disse o SENHOR a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus.
    Êxodo 24.4
    4 Moisés escreveu todas as palavras do SENHOR, e levantou-se pela manhã de madrugada, e edificou um altar ao pé do monte, e doze monumentos, segundo as doze tribos de Israel;
    Êxodo 34.1
    1 ENTÃO disse o SENHOR a Moisés: Lavra duas tábuas de pedra, como as primeiras; e eu escreverei nas tábuas as mesmas palavras que estavam nas primeiras tábuas, que tu quebraste.
    Êxodo 34.27
    27 Disse mais o SENHOR a Moisés: Escreve estas palavras; porque conforme ao teor destas palavras tenho feito aliança contigo e com Israel.
    E mais uma vintena de exemplos.
    A pergunta é:
    Se não havia ainda a escrita, porque Deus estava mandando Moisés escrever?
    Se não havia ainda a escrita, Deus escreveu o que nas tábuas que Moisés preparou?
    Os hieróglifos datam de mais de 3.000 anos AC. Moisés os conhecia como a palma de sua mão. Ele foi educado no palácio.
    A escrita cuneiforme data de mais 3.500 AC.
    Se o Diluvio foi entre 2200 a 2400 AC; antes do diluvia já havia a escrita.
    Assim com Deus nos ensinou a falar, nos ensinou também a escrever. Enfim foi Ele, Deus, que escreveu nas tábuas da lei.
    Gostaria do seu parecer.

  2. Vou te contar Ehm
    agosto 20, 23:48 Resposta

    O livro novo testamento inspirado no livro de enoque kkkk do podem estar de brincaderia. Nem Jesus, Mateus, Lucas, João, Judas, Ou pedro sequer citaram tal suposto livro de enoque.. Essas porcarias de livros apócrifos escritos pelo próprio DIABO pra lançar dúvidas e ofuscar o brilho da verdade espiritual. O Diabo vai enganar se possivel até os escolhidos que dirá esses que dão créditos para “livros perdidos” que não tem nada de espiritual ou inspiração divina. A bíblia foi compilada 66 livros inspirados e nada mais, o resto é do Diabo e ponto!!!

  3. Leonidas
    julho 21, 11:35 Resposta

    Então a tradição oral (base para a escrita do genesis) Não é tão importante?

  4. Carlos
    julho 30, 20:10 Resposta

    Livro fantástico e verídico. fiz três leitura de Enoch, em todas senti a presença de Deus. Jesus e revelado em todo o livro. Fantástico!!!

  5. Antônio Alair
    junho 30, 05:11 Resposta

    O novo testamento foi inspirado no livro de Enoque e não no velho testamento. Por isso o Deus apresentado no NT é tão divergente do Deus apresentado no no VT.

  6. G.Ramon lopes
    novembro 20, 17:25 Resposta

    A respeito do livro de Enoque: Visando que Enoque é referido como varão perfeito a ponto de ser levado por Deus, porque não dar credibilidade as informações e aceitá-lo como inspirado. Em paralelo , o livro de Gênesis escrito por Moisés tambem não segue os mesmos padroes por não haver escrita naquela época? Duvida: Aceitar ou não como um livro válido para estudo juntamente com a biblia como material de apoio?

Deixe seu Comentário