Tag "na mira da verdade"

Sem categoria 2 Comentários

É impossível o arrependimento de acordo com Hebreus 6:4-6?

A seguir, disponibilizo a resposta do Prof. Pedro Apolinário (que hoje descansa no Senhor) sobre um texto que tem deixado muitos cristãos perplexos. Foi extraída e adaptada do livro “Leia

FAQ - Dúvidas Frequentes 5 Comentários

Romanos 9:13-18 e a predestinação

Como já afirmei várias vezes, biblicamente todos são predestinados para a salvação (Efésios 1:5) e só se perderá quem assim o escolher (na cruz, Cristo devolveu o livre-arbítrio do ser humano para

Ética Cristã 1 Comentário

O que a Bíblia diz sobre a honestidade e desonestidade?

Honestidade significa ser verdadeiro, transparente, não roubar, não enganar ou defraudar ninguém. O indivíduo honesto repudia a esperteza e o desejo de querer levar vantagem em tudo e sobre todos.

Apologética Cristã 0 Comentários

Deus se arrepende?

Por que em Números 23:19 diz: “Deus não é homem, para que minta, nem filho do homem, para que se arrependa…”, sendo que em Gênesis 6:6 se afirma: “então, se

Sem categoria 0 Comentários

“Não matarás [o feto]” (Êx 20:13)

Antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro que se você um dia optou pelo aborto, porém, arrependeu-se e pediu perdão a Deus pelo seu pecado, Ele já lhe perdoou

Bons Debates 3 Comentários

Os 144 mil de Apocalipse representam o número total dos salvos?

A sua pergunta tem sido causa de muita controvérsia pois há muita especulação em torno da definição dos 144.000. Este tema permite uma gama de diferentes interpretações onde muitos torcem

Apologética Cristã 1 Comentário

Vida impecável

É possível o cristão viver sem pecar? Descubra aqui:

Interpretação Bíblica 1 Comentário

O dia da ressurreição de Jesus como dia de guarda

Houvesse o dia da ressurreição se transformado no novo dia de repouso da igreja apostólica, e isso certamente transpareceria na linguagem empregada nos evangelhos e nos demais livros do Novo Testamento, escritos vários anos após a ressurreição de Cristo. Mas os evangelhos de Marcos e Lucas (escritos cerca de 30 anos após a ressurreição), o de Mateus (escrito cerca de 35 anos após esse evento) e o de João (escrito cerca de 60 anos após o mesmo evento) referem-se ao dia da ressurreição simplesmente como o “primeiro dia da semana”, sem qualquer deferência especial para com ele (ver Mateus 28:1; Marcos 16:2; Lucas 24:1; João 20:1, 19).

Textos Difíceis 1 Comentário

3 dicas para você parar de brincar de ler a Bíblia

Uma das razões pelas quais devemos interpretar a Bíblia é porque, como leitores, tendemos a dar ao texto um significado que não existe nele. Muitas vezes o lemos com nossos

Ética Cristã 4 Comentários

O que a Bíblia diz sobre a crítica?

A crítica pode ser destrutiva. A Bíblia diz em Gálatas 5:15: “Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais uns aos outros.”  Veja os