DicasTextos Difíceis

3 dicas para você parar de brincar de ler a Bíblia

Uma das razões pelas quais devemos interpretar a Bíblia é porque, como leitores, tendemos a dar ao texto um significado que não existe nele. Muitas vezes o lemos com nossos “olhos ocidentais”, e ignoramos que a Palavra de Deus foi escrita com uma perspectiva hebraica.

Vou lhe provar que damos ao texto um significado que não faz parte daquilo que o autor inspirado queria transmitir:

“Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências” (Rm 13.14).

Por causa de nossa cultura entendemos “carne” como “corpo”. Porém, raras são as vezes que Paulo usa o termo com esse significado!

Ele fala de uma enfermidade espiritual chamada natureza pecaminosa. O corpo em si não é o assunto discutido pelo apóstolo até porque a Bíblia:

  1. Tem uma visão positiva do reino material, pois a matéria é criação de Deus (Gn 1.31).
  2. Apresenta o corpo humano não como essencialmente mau, como o faziam os filósofos gregos. Pelo contrário, o próprio apóstolo Paulo ensinou que o corpo é o “templo do Espírito Santo” (1Co 6.19, 20).
  3. Ensina que em Sua segunda vinda, Jesus resgatará também o corpo e o transformará para viver pela eternidade (1Co 15; 1Ts 4.13-18).

Por isso, aí vão algumas dicas para você ler aquilo que realmente está no texto bíblico:

  1. Leia a passagem bíblica, bem como os capítulos anteriores e posteriores a ela, duas ou três vezes. Nossa mente “destrava” para perceber certos detalhes apenas quando lemos mais de uma vez.
  2. Identifique os limites do texto. Não pense que a divisão em capítulos e versículos indica que tais divisões são necessariamente as corretas para o estudo aprofundado.

Na verdade, a divisão de nossas Bíblias teve o intuito apenas de nos facilitar a busca pelos textos. O que precisamos fazer é delimitar o bloco do texto que trata da mesma ideia ou assunto.

Por exemplo: se quiser entender o sermão do Monte, é importante saber que o assunto começa no cap. 4.23 de Mateus e termina no capítulo 7. Ou seja: o bloco (ou perícope) a ser lido abarca esses três capítulos e pouco, não apenas um trecho.

  1. Compare os textos obscuros com os textos de versões diferentes. Se você não conhece grego e hebraico, pode se beneficiar de outras traduções que expressam um sentido mais profundo do verso. Por exemplo, o texto que mencionei no início do post (Romanos 13.14) onde há a expressão “carne”, aparece do seguinte modo na Nova Versão Transformadora:

“Em vez disso, revistam-se do Senhor Jesus Cristo e não fiquem imaginando formas de satisfazer seus desejos pecaminosos”.

Espero que essas orientações lhe ajudem a ler a Palavra de Deus com “outros olhos”, para que extraia dela aquilo que de melhor ela tem para sua vida!

Além disso, não se esqueça de pedir a direção do Divino Professor e Auxiliador Espírito Santo (Jo 14.16). Jesus prometeu que Ele nos ensinaria “todas as coisas” (Jo 16.13).

Gostou dessas dicas? Se quiser, posso lhe ajudar ainda mais. Veja o material que preparei com muito carinho para lhe auxiliar no estudo e na interpretação da Bíblia:

Clique nesta imagem para ir ao site e conhecer o conteúdo do áudio livro

Veja aqui mais dicas nestes vídeos:

Um abraço e até a próxima!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *