Bons DebatesDepoimentos

Irmão evangélico passa a crer no dom profético de Ellen G. White

 

No programa Na Mira da Verdade há um quadro chamado “Bom Debate”, que tem por objetivo estimular o telespectador e ouvinte a discutir conosco um tema polêmico – de modo saudável, como orienta 2 Timóteo 2:24-26. Na noite de 05 de outubro de 2016, desafiei nosso público com a seguinte questão:

Se o dom de revelação profética é tão difundido entre igrejas evangélicas, por que a igreja Adventista do Sétimo Dia é tão criticada por crer no dom profético dado à Ellen White?

Eu esperava uma enxurrada de críticas de irmãos que pensam conhecer sobre a vida e obra da co-fundadora do adventismo. Porém, para minha surpresa, recebi um dos testemunhos mais significativos ao longo dos sete anos em que apresento o programa.

Veja a seguir o depoimento do irmão Wellington Senger de Souza, 50 anos, membro da Igreja do Evangelho Quadrangular na cidade de Rancharia, SP. Que as palavras sinceras desse amigo levem você à reflexão, e lhe inspirem a aprender “diretamente da fonte”, antes de formar um juízo sobre determinada denominação religiosa.

Esse e-mail ele me enviou dia 7 de outubro, dois dias após o programa ao vivo.

*****************************************************************************

Bom dia, professor Leandro […]. Nos últimos 10 meses tenho sido um ouvinte fiel do programa Na Mira da Verdade, e digo que aprendi mais nesse tempo do que em toda a minha curta existência. Minha oração é que Deus continue abençoando o canal Novo Tempo, e que você seja uma benção na vida de milhares de pessoas, como tem sido na minha. Obrigado.

Em relação à pergunta acima, tenho uma resposta muito clara e objetiva, pois eu já estive “do lado de lá”. Fui um grande crítico da igreja Adventista do Sétimo Dia e não aceitava que Ellen White tivesse tido o dom profético, e que suas profecias possuíam embasamento bíblico. Até que conheci a verdade apresentada pelo professor no programa Na Mira da Verdade.

O que mais me chamou a atenção foi o conhecimento profundo da Palavra de Deus e a educação com que apresentava cada uma das respostas. Isso me constrangeu, pois sempre fui um cristão que se preocupava em fazer a vontade de Deus. Acreditava que estava no caminho certo até que aprendi sobre o sábado, estudei e aprendi muito com Ellen White. Entre outras coisas, compreendi que uma boa alimentação traz benefícios para o corpo e mente, enfim (como disse acima), aprendi muito.

Isso me trouxe alguns problemas, pois comecei a questionar alguns líderes de minha igreja quanto ao “porquê” de certas verdades bíblicas serem deixadas para trás, e tradições tomarem o lugar dessas verdades.

Creio que a resposta à pergunta acima (feita no quadro “Bom Debate”), é que as verdades proféticas deixadas por Ellen White batem de frente com as “verdades” ensinadas nas igrejas nos dias de hoje. Consequentemente, não há como crer e continuar com as mesmas atitudes. “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem” (Jó 42:5).

Alguns líderes das grandes denominações não querem abrir mão de décadas de ensinos errados para aceitar verdades transformadoras. (“Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” – 1 Timóteo 4:2). Preferem ficar na famosa “zona de Conforto”. Dão preferência às mentiras aveludadas, ao invés das verdades que cortam.

Enfim, creio que muitos no íntimo até acreditam e leem seus artigos, mas expressar isso em seus “púlpitos”; dizer que Ellen White teve o dom profético e que suas verdades vieram do Altíssimo, seria inaceitável. Por isso, criticam e disseminam a mentira de que ela não possuiu o dom profético de Deus (sendo, por isso, uma falsa profetisa). “Deixai-os; são cegos condutores de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova” (Mateus 15:14).

Louvo a Deus porque um dia essas verdades encontraram refúgio no meu coração. Que tais verdades possam mudar o caráter, o viver e principalmente o testemunho de muitos.

Não se canse, professor Leandro, de pregar essas verdades. Existem milhares e milhares lhe ouvindo e intercedendo por você.

Um grande abraço no amor de Cristo,

Wellington Senger de Souza.

*****************************************************************************

Esse testemunho de Wellington lhe ajudou? O que pensa a respeito? Compartilhe comigo suas impressões.

Você é um irmão evangélico que também passou a crer no dom profético de Ellen G. White? Caso sim, compartilhe sua história comentando esse post. 

Noutra ocasião, ajudarei você a compreender que a crença adventista no dom de profecia dado à Sra. White em nada afeta a autoridade suprema da Bíblia Sagrada. Até lá.

 

Tags:

3 comments

  1. Ola professor como o caro amigo relatou, o programa na mira da verdade me ajudou e ajuda todos os dias com as verdades biblicas ali constatadas, eu li o livro beneficiência social de Ellen White, muito bom por sinal,porem confesso com o que vemos hoje em dia sobre “dons de profecia” em determinados lugares com apóstolos e até profetisa que é muito difícil acreditar nesse “dom” hoje em dia.Sei que biblicamente o dom de profecia tem causa,mas confesso ser meio cético sobre esse assunto fora da bíblia.Bom acredito que ainda me falte muito conhecimento sobre esse assunto,mais quis deixar meu comentário,penso ser valido!
    Um grande abraço professor Leandro,que Deus o abençoe.

  2. Olá professor Leandro, tenho um site de notícia com assunto cristão e gostaria de saber se você estaria interessado em fazer essa parceria. Tenho 21 anos acompanho o NaMiradaverdade desde os 14. Desde já aguardo resposta. Grato

    1. Com certeza, caro Paulo. Trabalhar juntos pelo Reino de Deus é um privilégio. Escreva para meu e-mail para tratarmos mais sobre o assunto: leandro@leandroquadros.com.br

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *