Se somos salvos pela graça, por que então temos que guardar os mandamentos de Deus?

Se somos salvos pela graça, por que então temos que guardar os mandamentos de Deus?

Quando estudamos a teologia da graça, dois terríveis enganos têm obscurecido o ensino da Palavra de Deus. O primeiro deles é de que o homem pode salvar-se pelo seu próprio esforço em obedecer aos mandamentos da lei de Deus. Aquele que isso faz está tentando o impossível. Por si só jamais o homem alcançará justiça, bondade e perfeição. Aliás aquele que tenta salvar-se pela obediência à lei está rejeitando e desprezando aquilo que Cristo fez por Ele: Salvação!

 

 

Outro engano, não menos perigoso é achar que a salvação encontrada em Cristo nos liberta de qualquer compromisso com a lei de Deus. É verdade que alguns ainda tentam salvação com um pouco de Cristo e um pouco de obras – isso também é perigoso engano. Muito pelo contrário, a verdadeira obediência é uma resposta de amor e compromisso para com Cristo Jesus. Ela nunca traz méritos ou vantagens para aquele que a pratica. É apenas uma resposta de amor! Gostaria que você lesse com calma alguns textos bíblicos: João 14:15; João 15 (videira-ramos-fruto) Romanos 3:31; Gálatas 5:16-25; Tito 2:11-15.

As obras, não são um meio para alcançar a salvação (Efésios 2:9), e sim fruto da fé, pois o fruto do Espírito é entre outras coisas amor (Gálatas 5:22). A lei se resume no amor (Gálatas 5:14, Mateus 22:36-40), e é o reflexo do caráter de Deus, pois Deus é amor (I João 4:8). Sendo assim ao obedecermos aos quatro primeiros mandamentos nós demonstramos amor à Deus, e ao obedecermos aos seis últimos demonstramos amor ao próximo.

 

 

Vale ressaltar que:

A obediência a lei demonstra amor a Deus (João 14:15); A fé não nos dispensa de guardar os mandamentos (obras), pois a fé sem obras é morta (Romanos 3: 31; Tiago 2:17); Temos a vida eterna através do conhecimento de Deus (João 17:3), ou seja, a prova de que conhecemos a Deus é a obediência aos Seus mandamentos (I João 2:3-5);

Resumindo: quem salva é Cristo; nossa obediência à lei é apenas uma resposta de amor; guardar a lei nem sempre significa que estamos buscando salvação por obras; A salvação não depende das obras de obediência à lei de Deus (Romanos 3:28). Entendemos, portanto que sendo a salvação inteiramente pela graça, as obras são uma conseqüência natural de aceitarmos a graça de Deus em nossa vida, um resultado do novo nascimento.

 

 

Gostou? Compartilhe com quem precisa deste conhecimento:
error19
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20
Anterior Resposta ao presbítero Paulo Cristiano da Silva, do CACP
Próximo Soberania Divina ou Tirania divina?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 798 posts

YouTuber e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "En La Mira de La Verdad", na Rede Novo Tempo.

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 13 Comentários

Lei Dominical, Sinal da Besta ou Não?

O argumento mais usado no ambiente evangélico é que os adventistas ao citarem decreto dominical, argumentam do nada. Dizem que não há evidência bíblica nenhuma para dizer que o domingo

Dúvidas Bíblicas 34 Comentários

Graça Irresistível e o Rev. Augustus Nicodemus

Será que a graça é “irresistível”, de modo que quem foi predestinado não pode mais se perder? Neste post analiso uma frase atribuída ao Rev. Augustus Nicodemus, com o objetivo de provar que as Escrituras estão longe de ensinar a doutrina da “graça irresistível” ou da “dupla predestinação”.

Bons Debates 1Comentários

A Lei e o Evangelho estão de mãos dadas

Introdução Após acessar meu blog, um amigo internauta chamado Davi fez o seguinte comentário: Prof. Leandro Quadros: alguns blogs têm surgido contra o adventismo e pregado contra a Lei de

2 Comentários

  1. Leonardo Santana
    dezembro 29, 12:24 Resposta

    Até agora, desde que tive o verdadeiro encontro com Cristo e decidi caminhar verdadeiramente na fé, esta foi a melhor explicação sem dúvidas e a que mais me trouxe clareza no coração e mente. Muito obrigado, de coração!

  2. Bryan Johnson
    janeiro 22, 17:59 Resposta

    A salvação sempre foi gratuita. Não teríamos como pagar o preço para obter a salvação. Graças a Deus que somos salvos pela graça dele.

Deixe seu Comentário