Graça Irresistível e o Rev. Augustus Nicodemus

Graça Irresistível e o Rev. Augustus Nicodemus

Já leu a respeito da “graça irresistível”? Recebi uma frase atribuída ao Rev. Augustus Nicodemus Lopes, que diz o seguinte:

Se a salvação é algo que se perde, pode ter certeza de que você não vai para o céu

 

A intenção da frase é ótima, pois o Reverendo deseja mostrar que a salvação é um dom de Deus, e que o crente deve ter a certeza de sua salvação.

Por outro lado, a Teologia que dessa sentença está errada. Há 2 erros principais com esta frase:

  1. O ensino de que a graça de Deus é irresistível.
  2. O erro quanto à maneira como o crente é mantido salvo.

Neste post apontarei estes 2 erros apresentando 5 razões para você não crer na doutrina da “Graça Irresistível”.

 

#1. Porque a Bíblia ensina que a graça pode ser resistida

Nos textos a seguir, você não terá dúvidas de que a graça pode ser resistida. Afinal, sendo Deus amor (1Jo 4:8, 16), Ele não impõe esse amor, mas conquista as pessoas para que O amem. Se a graça fosse irresistível, isso não seria amor, mas imposição – algo estranho ao verdadeiro conceito de amor.

“Visto estarmos cooperando com ele, nós vos exortamos a não deixar sem efeito a graça recebida de Deus. Pois ele diz: ‘No momento favorável, eu te atendo, e no dia da salvação venho em teu socorro. Eis agora o momento inteiramente favorável. Eis agora o dia da salvação” (Hb 7:1-2, TEB)

Se é possível “deixar a graça sem efeito”, é óbvio que ela pode ser resistida.

“Assim, como diz o Espírito Santo: ‘Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como na rebelião, durante o tempo de provação no deserto, onde os seus antepassados me tentaram, pondo-me à prova, apesar de, durante quarenta anos, terem visto o que eu fiz. Por isso fiquei irado contra aquela geração e disse: Os seus corações estão sempre se desviando, e eles não reconheceram os meus caminhos'” (Hb 3:7-10, NVI)

A possibilidade de endurecer o coração também demonstra que a graça não é irresistível.

Cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo. Pelo contrário, encorajem-se uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama “hoje”, de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado (Hb 3:12-13)

Neste verso o autor inspirado diz para termos “cuidado”, para não termos “coração perverso e incrédulo”, que nos leve a nos afastarmos “do Deus vivo”. E exorta-nos a não sermos “endurecido(s) “pelo engano do pecado”.

Nada disso faria sentido se a graça fosse irresistível, como ensina Augustus Nicodemus e demais irmãos Calvinistas.

 

 

#2. Porque a Bíblia ensina que a salvação é assegurada, não garantida

Nas Escrituras vemos que nossa salvação é assegurada em Cristo, mas não garantida. Mais adiante verá que isso em nada interfere na certeza de salvação do crente.

“Todos odiarão vocês por minha causa, mas aquele que perseverar até o fim será salvo” (Mt 10:22. Ver tb Mc 13:13).

O texto fala em “perseverança” – algo totalmente desnecessário se a salvação, ao invés de assegurada, fosse garantida mesmo no caso de a pessoa se apostatar!

“Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado (1Co 9:26-27).

Se o apóstolo Paulo sendo inspirado corria o risco de ser “reprovado” caso desistisse do evangelho, imagine você e eu!

“Portanto, irmãos, empenhem-se ainda mais para consolidar o chamado e a eleição de vocês, pois se agirem dessa forma, jamais tropeçarão” (2Pe 1:10)

A necessidade de “consolidar o chamado e a eleição” tira qualquer possibilidade de apoio bíblico à “graça irresistível”. Se a graça fosse irresistível, esse conselho não deveria estar na Bíblia. Além disso, a Palavra de Deus diz que “se agirem dessa forma”, ou seja, “consolidando a salvação”, tais pessoas “jamais tropeçarão”. Assim, não há sentido lógico nestes textos se forem reinterpretados à luz da doutrina Calvinista.

#3. Porque a Bíblia adverte contra a apostasia

As advertências bíblicas para não cairmos em apostasia também seriam sem sentido, caso não fosse possível desistir da graça:

“Vocês, que procuram ser justificados pela lei, separaram-se de Cristo; caíram da graça (Gl 5:4).

“Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!” (1Co 10:12).

“Por isso é preciso que prestemos maior atenção ao que temos ouvido, para que jamais nos desviemos. Porque se a mensagem transmitida por anjos provou a sua firmeza, e toda transgressão e desobediência recebeu a devida punição, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? Esta salvação, primeiramente anunciada pelo Senhor, foi-nos confirmada pelos que a ouviram” (Hb 2:1-3).

Se continuarmos a pecar deliberadamente depois que recebemos o conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados, mas tão-somente uma terrível expectativa de juízo e de fogo intenso que consumirá os inimigos de Deus. Quem rejeitava a lei de Moisés morria sem misericórdia pelo depoimento de duas ou três testemunhas. Quão mais severo castigo, julgam vocês, merece aquele que pisou aos pés o Filho de Deus, que profanou o sangue da aliança pelo qual ele foi santificado, e insultou o Espírito da graça? (Hb 10:26-29).

Este último verso diz que apostatar-se é uma possibilidade, pois fala em “profanar o sangue da aliança” pelo qual a pessoa tinha sido santificada. Ao mesmo tempo, o texto aponta que a apostasia é um insulto ao Espírito da graça. Como insultar o Espírito se os “predestinados” não pudessem “profanar o sangue da aliança”?

Definitivamente, a doutrina calvinista da “Graça Irresistível” não resiste ao exame das Escrituras.

#4. Porque as promessas de Deus são condicionais

Preste atenção no “se”, conjunção condicional, que aparece nestes e em outros textos:

Se vocês obedecerem fielmente ao Senhor, ao seu Deus, e seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje lhes dou, o Senhor, o seu Deus, os colocará muito acima de todas as nações da terra” (Dt 28:1).

“Entretanto, se vocês não obedecerem ao Senhor, ao seu Deus, e não seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos e decretos que hoje lhes dou, todas estas maldições cairão sobre vocês e os atingirão” (Dt 28:15).

Sendo as promessas de natureza condicional, obviamente há uma condição (não uma predestinação arbitrária) para que elas se cumpram. E os textos acima nos mostram quais são essas condições.

#5. Porque a Bíblia adverte contra a presunção

Mais uma vez peço que atente para a conjunção condicional “se”, e também para a conjunção “desde que”, pois elas indicam que há uma condição para que a salvação continue sendo uma realidade em nossas vidas.

“Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados.” (Jo 15:5-6)

Percebe? A salvação que nos é assegurada em Cristo depende de permanecermos nEle, para que não sejamos “como o ramo que é jogado fora e seca”, sendo depois “lançados ao fogo e queimados” (v. 6). Segundo esse texto é impossível a graça ser irresistível.

“Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno” (Jo 15:14).

A implicação do uso da conjunção é que, se a pessoa não fizer o que Cristo ordena, se torna inimiga dEle. Enfim, nada da doutrina da graça irresistível…

“Pois passamos a ser participantes de Cristo, desde que, de fato, nos apeguemos até o fim à confiança que tivemos no princípio” (Hb 3:14).

Desde que continuem alicerçados e firmes na fé, sem se afastarem da esperança do evangelho, que vocês ouviram e que tem sido proclamado a todos os que estão debaixo do céu. Esse é o evangelho do qual eu, Paulo, me tornei ministro (Cl 1:23).

Claríssimos também esses últimos textos. Não acha? Em suma, a Bíblia não defende a graça irresistível.

Graça Irresistível: Conclusões

  1. A graça é resistível, porém, a salvação é assegurada por Deus, para aqueles que não desistem (Lc 21:19).
  2. Por isso, não precisamos viver incertos quanto à nossa salvação, pois isso é até pecado (cf. Rm 14:23). Não podemos diminuir o poder da cruz, e precisamos olhar para ela, ao invés de olharmos para dentro de nós (Hb 12:2). Somente focando em Cristo é que nossa certeza da salvação são será abalada.
  3. Não é a doutrina Calvinista da Graça Irresistível que assegura nossa salvação, mas o que Cristo fez na cruz e faz hoje no Santuário Celestial (ver Hb 8:1-2) como nosso intercessor (1Jo 2:1-2) e juiz (Jo 5:22), em sua função sumo-sacerdotal. Graças às presença de Cristo no santuário celestial, o Espírito Santo vive conosco como nosso “Consolador” (Jo 14:16). Ao mesmo tempo, nossa presença no Céu é assegurada por causa da presença de Cristo lá! (Ef 2:6). Logo, nosso Sumo Sacerdote garante nosso acesso ao trono da graça do Pai a qualquer momento (Hb 4:14-16; 6:19; 9:12), porque Ele vive sempre para interceder por nós (Hb 7:25).
  4. Nossa parte na salvação, mesmo que ínfima em comparação com a infinita obra de Deus, é permitir que o Espírito Santo comece em nosso coração uma resposta de amor à graça (Jo 16:8-10; Rm 2:4). Afinal, sozinhos não podemos responder à graça de Deus porque nossa natureza é corrupta e limitada pelo pecado.
  5. Logo, Romanos 2:4 diz que Deus em Sua “riqueza, bondade, e tolerância, e longanimidade” é que nos “conduz ao arrependimento”, mostrando que Ele é o autor e consumador de nossa salvação. Ao mesmo tempo, o texto diz que ele nos “conduz”, ao invés de nos “obrigar” a ser salvos e a aceitarmos Sua graça.
  6. Também devemos continuar com o Espírito ao longo da jornada cristã, para que Ele efetue a santificação (1Co 6:11; 2Co 3:17-18; Gl 5:19-25; Fp 2:12-13; 2Ts 2:13) e complete em nós o que começou (Fp 1:6), até chegarmos na Nova Jerusalém (cf. Ap 21, 22) por ocasião da volta gloriosa e visível (Ap 1:7; 6:14-17; 22:20) “de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo” (Tt 2:13).
  7. Enfim, a graça é tão especial e maravilhosa que, além de não nos obrigar a irmos para o Céu “pelo colarinho”, ela é oferecida a todos os seres humanos, e não a um grupo de uns poucos predestinados:

“Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens” (Tt 2:11).

Gostou? Compartilhe com quem precisa deste conhecimento:
error17
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20
Anterior Jesus Não Corrigiu o Antigo Testamento
Próximo Precisamos atualizar a Bíblia?

Sobre o autor

Leandro Quadros
Leandro Quadros 794 posts

YouTuber e apresentador dos programas "Na Mira da Verdade" e "En La Mira de La Verdad", na Rede Novo Tempo.

Veja todos os posts do autor →

Veja também

Bons Debates 0 Comentários

O que é Liberdade Religiosa?

A preocupação com a liberdade religiosa possibilitou a organização de um dos primeiros departamentos da Igreja Adventista do Sétimo Dia. O objetivo é promover e manter a liberdade religiosa, com especial ênfase na liberdade individual de consciência.

Bons Debates 1Comentários

O que a Bíblia diz sobre o regime alimentar?

Assista aqui a série especial sobre a alimentação na Bíblia: Qual era o regime alimentar original recomendado por Deus para o homem e a mulher? Frutas, cereais, nozes e legumes.

Bons Debates 8 Comentários

“Jesus entrou no Santo dos Santos do santuário celestial 40 dias depois da sua ressurreição?

“Como aceitar essa ideia maluca de que Jesus entrou no Santo dos Santos do santuário celestial em 22 de outubro de 1844 se como Sumo Sacerdote não tinha nada que fazer no lugar santo a partir do ano 31 AD. e ficar lá retido por 1813 (31+1813= 1844)?

34 Comentários

  1. Ana Maria
    dezembro 16, 14:31 Resposta

    Muito bom Professor, assisto o programa quando possível, mas minha mãe de 89 anos assisti sempre……Somos da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, portanto, portanto Martinho Lutero e João Calvino são importantíssimos na nossa História.

  2. Suzana Guimarães
    dezembro 05, 22:50 Resposta

    Boa Noite Professor
    Professor Leandro Quadros, como sempre tem o dom de levar as ovelhas
    para o caminho correto, nos conduzindo com segurança para os braços de Deus, não deixando que sigamos atalhos tortuosos.
    Grata Professor Leandro pelo zelo para com o aperfeiçoamento do nosso caráter. Seus esclarecimentos transmitem paz ao nosso coração e conforto à nossa alma.

    Suzana Guimarães

  3. Roberval
    novembro 30, 20:25 Resposta

    Muito bom professor, ficou muito bem explicado. Deus continue te abençoando, abraços.

  4. leikson
    novembro 24, 22:11 Resposta

    SE A DUPLA PREDETINAÇÃO FOSSE VERDADEIRA, SATANÁS SE DEFENDERIA AFIRMANDO QUE ELE É MAU POR CULPA DE DEUS, E SE ASSIM AFIRMASSE, ELE INFELIZMENTE NÃO ESTARIA MENTINDO, E APATIR DAÍ, TODOS OS DEMAIS ARGUMENTOS VINDO DELE SERIAM VERDADEIROS. SATÃ SERIA UMA VÍTIMA, SEM LIBERDADE DE ESSCOLHA PARA SER BOM, E SERIA INJUSTO CHAMÁ-LO DE O PAI DA MENTIRA.

    DEUS SERIA TIDO COMO UMA ESPÉCIE DE ROTEIRISTA DE UMA NOVELA, FILME U PEÇA TEATRAL, EM QUE OS ATORES, OU OS PERSONAGENS DA TRAMA NÃO POSSUEM DE LIBERDADE PARA MUDAR O SEU DESTINO.

    DIANTE DESSA SITUAÇÃO, QUALQUER SER PENSANTE E JUSTO, FAZENDO-SE DO BOM USO DA RAZÃO E DA JUSTIÇA, JAMAIS SE CURVARIA DIANTE DE UM DEUS DESSE E O LOUVARIA POR SUA “JUSTIÇA E AMOR.”

    CONFESSO QUE SE EU CRESSE NUMA LOUCURA DESSAS, SERIA ATEU, SATANISTA OU EU MESMO FARIA A MINHA REBELIÃO, O ACUSARIA DE TIRANO, E QUE A MINHA MALDADE, A DOS ANJOS E A DOS DEMIAS HOMENS TINHA SIDO DE AUTORIA DIVINA.

    OH!, MARAVILHOSA GRAÇA CONCEDIDA A SERES INDIGNOS, FRACOS E INGRATOS COMO NÓS!

    QUE ELEVADO PREÇO PAGO POR AMOR!

    OH SENHOR, TENDE MISERICÓRDIA DE MIM E NÃO PERMITAS QUE EU LANCE FORA TAMANHA PROVIDÊNCIA PARA SALVAÇÃO!

  5. Suzana Guimarães
    novembro 23, 22:29 Resposta

    Professor Leandro Quadros, como sempre tem o dom de levar as ovelhas para o caminho correto, nos conduzindo com segurança para os braços de Deus, não deixando que sigamos atalhos tortuosos.
    Grata Professor Leandro pelo zelo para com o aperfeiçoamento do nosso caráter. Seus esclarecimentos transmitem paz ao nosso coração e conforto à nossa alma.
    Suzana Guimarães

  6. Denise Macedo
    novembro 23, 15:26 Resposta

    Oi professor. Faz alguns meses que fui batizada na igreja Adventista, e aprender mais é sempre bom. Obrigada por nos ensinar com tanta clareza sobre a bíblia. Que Deus continue abençoando seu ministério.

  7. F. EVERALDO ARAÚJO
    novembro 22, 09:19 Resposta

    A salvação não é como um produto acabado, pronto para o uso. Ela passa por três processos, os quais são: Justificação, Santificação e Glorificação. Cada um dos seres da Divindade realizou um papel para que a salvação se efetivasse na vida do pecador arrependido. A justificação (no passado) é a obra de Cristo POR nós a qual é creditada na vida daquele que O recebe como o seu Salvador pessoal por meio do batismo. A obra de Cristo foi para a minha SALVAÇÃO ou justificação; perfeita obediência à santa lei de Deus. Ela ocorre no momento em que recebemos a Jesus em nossas vidas, pois é um ato de um momento, então tornamo-nos uma nova criatura.(II Cor.5:17) A santificação (no presente) é a obra do Espírito Santo EM nós a qual é vista através de nossas obras. As minhas obras são para a minha SANTIFICAÇÃO e para galardão, ou seja, obediência às leis de Deus, por meio da Sua Graça (Apoc. 22:12). Ela ocorre durante toda a nossa vida terrenal, pois é o morrer diário para o pecado e as suas paixões. (Gál.5:24) E a glorificação (no futuro) é a conclusão da obra do Espírito Santo em nossas vidas ao transformar os nossos corpos de humilhação semelhante ao corpo da glória do Filho de Deus. A justificação foi realizada FORA de mim e a santificação é realizada DENTRO de mim. A justificação é o meu Título para o Céu e a santificação é a minha adaptação para ele. A justificação pode ser chamada de salvação objetiva e a santificação de salvação subjetiva.

  8. Eliana
    novembro 21, 12:46 Resposta

    Prof Leandro Quadros, que Deus continue contigo, e que muitos consiga enxergar o caminho através dos esclarecimentos da verdade..

  9. José Albertino Caselato
    novembro 21, 03:15 Resposta

    As colocações com relação ao estudo sobre a graça irresistível, tenho a mesma compreensão
    DEUS o abençoe

  10. hebert adriano
    novembro 20, 19:16 Resposta

    Que profundo e eficiente , estando com o coraçao aberto e impossivel nao receber os beneficios mensagem,homens como vc enobrecem o mundo em que vivemos,graças a operaçao do espirito santo em sua vida

  11. Eduardo Santos
    novembro 20, 19:03 Resposta

    Sobre o exposto, não existe Graça irresistível como Graça resistível, a Graça de Deus, vem da sua misericórdia, vem do seu AMOR, pela desobediência do homem, não só no Jardim do Éden, como nos tempos passados até atualidade como infelizmente no decorrer dos anos até ao Juízo Final. O homem não reconhece o que é AMOR de DEUS. Se aceitasse livremente e com fidelidade, não era necessário a Segunda Vinda de Cristo (DEUS).
    Graça de Deus está a frente, exposta, oferecida a todos, temos é que aceitar Jesus Cristo, limpar o nosso coração do mundo e nos entregarmos com o AMOR de DEUS nas nossas vidas.

  12. monickemika@gmail.com
    novembro 20, 16:26 Resposta

    Muito bom professor Leandro , ou seja, uma vez salvo não quer dizer para sempre salvo, precisamos confirmar essa salvação a cada dia, atravéz da aceitação e comunhão com Cristo.

  13. Ricardo Pereira
    novembro 20, 11:14 Resposta

    Irresistível, é passar sem ler este post, parabéns por expor sua visão teológica. Entretanto, como Reformado e Presbiteriano de coração que sou – mas não Calvinista Radical, eu creio que a Graça Irresistível a qual o Reverendo Augustus Nicodemos se refere, é a mesma que o fez decidir a crer em Jesus como Senhor e Salvador, e em segundo lugar, por experiências de gabinete pastoral, onde, só para citar um exemplo, um assaltante armado, que ao escolher sua vítima, logo ouviu aquele Hino na frente a IP, e entrando nela, assitiu ao Culto – armado, e ao final, procurou o Pastor para confessar a Cristo e entregar a arma – tipo Paulo, quando caiu “do cavalo” ( ou seria Jumento ou Camelo – um fusca é que não era ). Então Professor, a Carta aos Hebreus, foi para os Hebreus, com linguagem que os Hebreus entendiam – mas sim, se aplica a nós hoje… Creio que cada um espirra de uma maneira, ums altos demais, outros bem baixinho, mas o que importa, afinal, é que Cristo seja anunciado! Deus, o nosso Deus, de Abraão, de Isaque e de Israel, continue a lho abençoar ricamente, com este intelecto e educação tão nobres.

  14. Hercules Dias
    novembro 20, 11:12 Resposta

    Prezado Professor, ficou tão bem explicado, que ficou óbvio! abraços

  15. Andreza de Souza
    novembro 20, 11:08 Resposta

    Olá professor, ótima explicação. Vejo que muitas doutrinas acabam por colocar Deus como um tirano, ou garçon e traz as pessoas por medo de não serví-lo e ser fulminado. Além disso, por inúmeras razões ou crenças, pessoas afirmam que se converteram mas permanecem vivendo como antes. Isso me entristece, pois Deus é apresentado de modo tão errôneo, o que só atrapalha e distancia ainda mais as pessoas, ao invés de aproximar. Então, impera o humanismo “minha doutrina é melhor que a sua” e Deus é escondido. Triste.
    Obrigada pelo artigo!

  16. Gisele
    novembro 20, 11:00 Resposta

    Muito bom e esclarecedor o artigo, indico o prof. Leandro fazer um artigo sobre o tema “salvação pela graça” x “salvação pela lei”.

  17. Marcos
    novembro 20, 10:53 Resposta

    A Salvação da Igreja em Éfeso era condicional ao arrependimento

    Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele. Apocalipse 2:5

  18. Jorge Carlos Ferreira
    novembro 20, 09:54 Resposta

    Acompanho integralmente seu entendimento.
    Muito bem exposto e embasado biblicamente.
    Deus o abençoe Professor.

  19. Micael
    novembro 20, 09:07 Resposta

    Que Deus o mantenha pesseverante até o grande dia…

    • JORGE PAXECO
      novembro 20, 12:24 Resposta

      SE A GRAÇA FOSSE IRRESTIVEL NAO HAVIA PECADORES OU ENTAO DEUS JOGA COM A HUMANIDADE COMO BEM QUER OUSEJA A UNS DA-LHES A SUA GRAÇA E A OUTROS NAO, DEPREENDE – SE A UNS O CEU A OUTROS O INFERNO, SUA VONTADE É SOBERANA. PERGUNTO QUE DEUS SERIA ESTE SE DE FATO NICODEMOS TIVESSE RAZAO? O DIABO NAO SERIA MELHOR QUE DEUS? POIS O DESTINOU A PERDIÇAO BEM COMO OS QUE O SEGUEM, SERIAM ISENTOS DE CULPA, DADO QUE FORAM FORÇADOS PELO DECRETO DIVINO A PERDEREM-SE. JOAO 3 VERSO 16 DIZ ELE MORREU POR TODOS E NAO SO PELOS PRE DESTINADOS A GRAÇA IRRETIVEL COISA QUE NAO EXISTE A NAO SER NA MENTE NAO SANTIFICADA PELA PALAVRA DE DEUS.

  20. Jorge Paulo Barbosa
    novembro 20, 08:19 Resposta

    Infelizmente, até nos debates, os proponentes desta “doutrina” se apresentam de forma desleixados e arrogantes.

  21. Juarez Capaverde Filho
    novembro 19, 14:32 Resposta

    Como sempre admirável suas ponderações contra essa heresia, o principal de uma das advertências do Senhor Jesus nos diz: “Mas aquele que perseverar até o fim será salvo” Mateus 24vs13 e “Ao que vencer , dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus ” Apocalipse cap02vs7. Dentre muitos outros que nos orientam sobre a salvação, somente por estes 2 versículos já se tem a resposta, ou seja, se não tropeçares alcançarás a salvação, caso contrário não terás a graça desta dádiva.

  22. Cyda Lemos
    novembro 19, 07:41 Resposta

    Querido irmão Leandro quadro, sou adventista tenho aprendido muito com vcs,
    Eu creio q uma vez salvo
    Se nus desviamos , e viver avida em pecados como antes,e se não se voltamos pra Deus,
    Creio q nos temos a chance de perder sim a salvação.
    Se não, todos poderia aceita Jesus e serem salvos uma vez por todas, e voltarem a pecar e ficar tudo Ok,
    Sendo Assim não seria preciso Jesus volta aqui na terra né, opovo era morrendo e já subindo direto pra o céu,
    Eu concordo divinamente com você LEAMDRO QUARDRO..

  23. Maria Cristina Glixinski
    novembro 19, 06:57 Resposta

    Olá bom dia ,não sou batizada mas tenho me esforçado para aprender sobre bíblia .é difícil para mim ir a igreja mais me emociono cada vez que leio a bíblia sinto Deus falando comigo sinto que ele está me lapidando já vejo a mudança em minha vida ,sou reservada gosto de ficar mais na Minha ,isso dificulta um pouco mais para mim…..mais acompanho oque posso pela internet e tem me ajudado bastante .mais ainda luto com os meus demônios

  24. maria lucienne da silva
    novembro 18, 23:00 Resposta

    sim professor, mto bem explicado, o que vc falou tem base biblica e é tudo vdd para aqueles que estudam a palavra de Deus pelo Espirito, e nao interpreta particulamente

  25. Joel Linhares
    novembro 18, 22:30 Resposta

    Muito bom professor Leandro, muito esclarecedor este assunto, concordo plenamente. Parabéns.

  26. valdeci
    novembro 18, 13:22 Resposta

    Gosto muito dos seus ensinamentos Professor Leandro, eles me fizeram repensar muitas coisas que eu havia aprendido erroneamente.

    • Muito bom professor obrigado que o nosso poderoso Deus continue abençoando o seu ministério . Muitas almas se achegaram a Cristo através destas mensagem enviadas do céu fica com Deus e um grande abraço

Deixe seu Comentário